30 de março de 2011

" Isto não é uma preferência, não foi uma decisão que tomei. Nasci assim. Não pense que ontem eu fui de um jeito e agora decidir ser isso"

ricky martin, em entrevista á revista veja, janeiro 2011

18 comentários:

  1. Ola querido!

    Tem novidades la no meu blog!

    Rick Martin, acho o máxime achei mais ainda quando disse a verdade!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. até porque se fosse uma escolha, decidiríamos pelo mais fácil.

    ResponderExcluir
  3. Caro responsável pelo blog, não encontramos uma forma de contatar você diretamente.
    Criamos uma rede social dedicada ao público LGBT e gostariamos de contar com sua presença em nosso espaço.
    E se a rede for de seu agrado, contamos com sua divulgação.

    Te esperamos lá!

    http://www.gpride.net

    ResponderExcluir
  4. Olá meu irmão, como está?

    Somos cristãos e temos dedicado um espaço em nosso blog o Conexão da Graça, para refletir sobre a homossexualidade que é um tema tão discriminado pelos evangélicos e a cristandade no geral.
    Temos proposto em nossos textos o equilibrio e a inclusão, pois essa era a visão de Cristo.
    O último texto que postamos foi: "Jesus, Igreja e homossexualidade será?".
    Será uma honra poder contar com sua visita e seu comentário.
    Um grande abraço,fica com Deus!

    Franklin Rosa

    ResponderExcluir
  5. Olá, meu nome é Adriana e estava procurando um blog sobre homosexualidade para um trabalho de faculdade e gostaria de uma grande ajuda sua ou de todos os seguidores e donos. Estou fazendo um trabalho sobre Como abordar a homosexualidade em sala de aula e tenho que fazer isso sem ferir a ninguém e principalmente alunos e familiares, então, gostaria que voces me ajudassem com as experiências de voces, pode mandar para o meu e-mail contatosadriana@ig.com.br ou do meu blog drisnttbt@bol.com.br. Os depoimentos serão de grande ajuda para mim e estou senguindo o blog. Abraços. Drika.

    ResponderExcluir
  6. Olá, estou conhecendo seu blog agora, gostei daqui.

    Posso seguir?
    Bjs da lua e bom fds.

    =)

    ResponderExcluir
  7. Oi.
    Reabri meu blog.
    Deixe seu comentário!"

    Abraços
    Rafa Calvin

    ResponderExcluir
  8. Tem uma frase deum jurista que diz: " A homossexualidade não é uma opção, mas um fato da vida, que não viola qualquer norma jurídica, nem é por si só, capaz de afetar a vida de terceiros." Luís Roberto Barroso. Adorei o seu blog. Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Ei ei ei, lembra do Casado(i)s? Só agora vi um email seu perguntando onde a gente foi parar e, bem, estamos aqui ó: http://pampublikong.blogspot.com

    Beijo!
    Edu

    ResponderExcluir
  10. um conformado (ou informado), como todos nós. somos.
    (um dia destes gostaria de falar ctg/csg sobre esta condição de pai e gay :-)
    abc

    ResponderExcluir
  11. muito bacana seu espaço. parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Muito legal esse espaço, parabéns.

    Aproveitando, meu nome é Luan Cunha, tenho 18 anos e sou militante e gay assumido. Estou indo de blog em blog para divulgar meu novo blog: Arco-Íris Revolucionário.

    Aqui está o link: http://arcoirisrevolucionario.blogspot.com/


    É um blog voltado exclusivamente à militância gay. Vou postar tudo referente à homossexualidade e será uma resposta e crítica à homofobia.

    Ele está apenas começando, mas conto com todos para ajudar esse blog a crescer, comentando e divulgando!

    Obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir
  13. Marcos2:58 PM

    Olá seja bem vindo ao grupo Pais Gays Brasil

    Como vai?

    Após ler o livro do grupo canadense GAY PARENTS decidi criar esse grupo de apoio.

    O grupo não tem fins políticos, ideológicos, religiosos nem financeiros.

    Também sou pai, tenho duas filhas e descobri minha homossexualidade após alguns anos de casamento.

    O objetivo desse grupo é trocar idéias, sem julgamentos, anonimamente, através de contatos virtuais ou presenciais, conforme o desejo e disponibilidade do grupo e cada um.

    Não é necessário nenhum tipo de decisão quanto a assumir-se homossexual.

    Repetindo, a condição é unicamente ser pai ou mãe, e sentir atração por pessoas do mesmo sexo.

    Também são bem vindos os casais homoafetivos que têm ou desejam ter filhos, assim como pais e mães solteiros gays.

    O grupo está no facebokk, de forma secreta, afim de garantir a privacidade de quem quiser participar, registrar suas experiências, impressões, sugestões, etc.

    Vamos nos ajudar e sugerir amigos para esse grupo

    email: paisgaysbrasil@gmail.com

    facebook: grupo secreto (somente membros podem ver o grupo, quem está nele e o que os membros publicam)

    ResponderExcluir
  14. Se fosse uma escolha eu escolheria ser hétero, pois nunca tive motivos para ser rebelde ou ser do contra com minha família.

    Minha família não aceita minha situação e hoje "acredita" que eu não seja mais gay.

    Só que hoje eu aceitei que eu sempre fui gay e que sempre serei. Mantenho uma relação estável a quase 2 anos longe de minha família. Minha relação com minha família está ótima, mas eles ainda não sabem de nada. Só conhecem meu parceiro como um amigo meu e gostam muito dele.

    Desculpem o tamanho do post, era só um desabafo. Gostaria de ter a coragem de assumir toda minha homossexualidade em público. Mas ainda chego lá, pois ainda caso com meu 'marido'. :-)

    RAFAEL LOURENÇO
    ----------------http://homemqueamahomem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Anônimo1:46 PM

    Olá, como dizem: Eu não escolheria o caminho da minoria excludente discriminada. Eu nasci assim, ponto final.
    Parabéns pelo site.
    Se puder compareçam nesta discussão:
    http://negacaologica.com/2011/08/orgulho-hetero/

    ResponderExcluir
  16. Tudo bem?

    Já faz um tempo que eu acompanho esse blog e gosto muito das postagens aqui publicadas.

    Há um tempo gostaria de poder também compartilhar minhas experiências e então resolvi fazer um blog também.

    Aproveito para divulgá-lo aqui neste espaço. O nome é "Por fora do armário": porforadoarmario.blogspot.com

    Abraços,

    ResponderExcluir
  17. Estou com post novo.
    Abçs
    Calvin

    ResponderExcluir
  18. Só para completar o que Rick Martin disse ... Isso também não é uma doença, não é algo que se pode curar com um tratamento como muitos ainda pensam, como minha família ainda pensa ... Nascemos assim!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!