13 de outubro de 2015

Casal 17,5

Resultado de imagem para casal 20Hoje tomei conhecimento que vão refilmar a série CASAL 20, desta vez com um casal formado por dois homens (um casal gay portanto) no lugar dos protagonistas originalmente a cargo de Richard Wagner e Stefanie Powers. A série foi um mega sucesso e qualquer um que tenha mais de 30 deve se lembrar. A série era escrita por ninguém menos que Sidney Sheldon, que a gente até pode criticar como literatura, mas não como contador de histórias!
Quando li a notícia fiquei curioso para saber se a expressão "casal 20" - que é um adjetivo comumente usado para casais super entrosados, amorosos e que combinam muito já que cada um é nota DEZ, por isso são VINTE - já existia antes da série. O título original da série,  HART TO HART,  faz um joguete com o sobrenome dos casal (Jonathan e Jennifer Hart) e a palavra HEART (coração) cuja pronuncia é similar.
Eu tinha certeza que era uma expressão mais antiga, mas todas as referencias ao termo que encontrei referem o título da série, ao que parece quem "interpretou" o nome original para a expressão CASAL 20, acabou criando um termo que passaria a ser amplamente utilizado, e por isto merece os parabéns... provavelmente CASAL CORAÇÃO ou DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO, que seriam outras interpretações possíveis, mas que talvez não tivessem tanto impacto no imaginário de todos!

Resultado de imagem para CASAL 20Você já ouviu alguém se referir a um casal como CASAL 20? Acha que eu exagero quando falo em imaginário? Eu não acho. 
Me parece que muita gente se enxerga na expressão e quando procura a tal "metade da laranja" está procurando "in"conscientemente alguém parar formar um CASAL 20! Um casal perfeito, integrado, ambos bonitos, de bom caráter, cultos, com profissões reconhecidas, aventureiros, eventualmente ricos e, como os Harts, SEM FILHOS! Aliás, isto é uma coisa que nem vão precisar adaptar ao trocar o casal hétero pelo casal gay, pois até o "cachorrinho vira-lata super inteligente encontrado na rua" o casal já tinha na série!
Acho que a pressão do ambiente gay masculino de SER BONITO acaba espelhando os relacionamentos gays e não basta você ser bonito, ser 10 (como a UNINOVE) mas você tem que fazer parte de um CASAL 20. Todos querem fazer parte do casal perfeito. 
Talvez todo este processo de rejeição dos feios, gordos, efeminados e pobres, que acontece nos sites de namoros, encontros e pegação, tenha relação direta com a busca do CASAL 20 de cada um! Eu, aliás, conheço caras bonitos e sarados, considerados atraentes, que saem com caras "fora do padrão", mas que não apresentam para os amigos. São caras de quem eles gostam mas que não se encaixam no perfil "para formar um CASAL 20" que eles estabeleceram! Eu imagino que até role um certo "stress psicológico" por eles gostarem de alguém "aquém" do que os sonhos deles, ou o imaginário deles, tinha pré-estabelecido. De repente o cara até curte um cara magrelão, narigudo, com barriguinha, dentuço, com mamilos salientes, mas "pega mal" ser visto com ele, e quem sabe a tal buscada felicidade acaba nunca chegando... E o contrário também, ás vezes um cara "fora do padrão" insiste em buscar um "príncipe" (outro imaginário) e perde a chance de se envolver com uns sapinhos muito interessantes!
Isto é tão forte que quando vemos um casal em que um dos dois é mais bonito (ou mais jovem, ou mais sarado)  que o outro, já nos vem a mente a ideia de que o tal bonito é interesseiro, de que o relacionamento não é "verdadeiro", posto que o bonito é "muita areia para o caminhãozinho" do outro...
Eu imagino o quanto a imagem do CASAL 20 dificulta a formação de "casais 19, casais 17,5, casais 16, e até mesmo casais 9,75" muito felizes!

Resultado de imagem para scoreNo meu caso e do Mr. Jay eu diria que somos um CASAL 17,5... Sei que em vários aspectos merecemos uma nota alta, mas em outros somos apenas "normais"! Se somar os nossos conceitos teremos uma nota alta, mas nunca um 20!
Creio que, se você nos entrevistar individualmente, nosso conceito seria mais alto, o coeficiente do amor é bem generoso... acho que daríamos uma nota bem alta um para o outro, porque nos conhecemos muito além de uma foto, ou um primeiro encontro,  conhecemos nossas qualidades,  e isto serve para melhorar a nota, inclusive os defeitos servem para melhorar a nota! Já aviso de antemão que nem sob tortura severa eu revelo as notas individuais que atribui para chegar nesses 17,5! Use sua imaginação! - Mas seja generoso!

E você, já faz parte de um CASAL 20? Ou será que está solteiro porque secretamente busca o score 20?

24 comentários:

  1. estou solteiro e não devo chegar aos 4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEHEHE, Francisco, acho que vc esta muito rigoroso! Com base no teu blog eu te daria uns 7 para começar! abs!

      Excluir
  2. Respostas
    1. eu "adogggo" pessoas que subvertem as regras! Mas seria 11,5 para cada um? ou seria 18 de um e 5 de outro? ! hehehe

      Excluir
    2. Nunca parei para fazer os cálculos.......provavelmente deve ter uma dízima periódica no meio....rs

      Excluir
  3. Nós por aqui estamos chegando à casa do Casal 131! OMG!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ei.. Bratzlicious! A brincadeira não era de somar as idades! rsrsrrs ... este povo... fica "atrapaiando" minha teoria! rsrsrsr

      Excluir
  4. Oi, há tempo visito o seu blog. Sou mulher hetero, casada (casal 16??), com um filho gay em união estável (visto de fora casal 15????). Este seu texto é tão bom e serve pra homos e heteros igualmente. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Irene! Não estou com esta bola toda mas aceito o elogio! abraços e beijos para os casais de todo valr de sua familia!

      Excluir
  5. Essa questão me preocupa bastante... fui criado com essa pressão pela perfeição sabe? (pai e mãe virginianos) E não é fácil... Talvez por isso esteja sozinho. Gostei de sua reflexão em valorizar o que há de bom e o que vale realmente a pena. Não apenas um ideal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa... sair deste esquema virginiano não deve ser facil... ja tive um em minha vida e sei bem o que é...
      mas naõ deixe de tentar!

      Excluir
  6. Adorei essa lembrança do Casal 20, a informação sobre a refilmagem e de como você estabeleceu comparações inteligentes e divertidas.
    Já pensei muito nesse lance criado pela mídia de perfeição matrimonial, de almas gêmeas, hoje nem tento medir meu relacionamento em notas, vou vivendo e extraindo da vida e das pessoas que amo o que posso ter de melhor. Abração, querido. Parabéns pelo tema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vilser, esta sem duvida é uma boa pratica, ir vivendo, sem se preocupar com a pontuação! mas que tem gente que se preocupa... isto sim!

      Excluir
  7. Então... eu ainda estou no modo de treinamento, sem contar pontuação e assim, ainda não rolou esse momento "Casal", tá puxado! ehehehe

    Lendo seu texto me ocorreu uma coisa... já reparou que maior parte dos "solteiros", pelo menos nas minhas observações, estão entre os 35 - 45 (com variação de mais ou menos 5)? Os mais velhos já estão casados, com relacionamentos estabelecidos... os mais jovens, chegaram "chegando"... e uma leva, da qual me incluo, ficou em um vácuo ali... Isso falando de amigos que são gays e mesmo hetero.

    De qualquer forma acho que existe muito essa coisa do "casal bonito", o Instagram está cheio de casais "padrão"... Eu tenho lá minhas "dificuldades", ou preconceitos mesmo, mas acho que nunca foram nesse sentido físico da coisa...

    Eu era fissurado naqueles mercedes conversivel que eles usavam na série! kkkk

    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou te contar! tb achava demais o mercedez conversivel! e eu achando que ninguem nem reparava no dito cujo!
      agora, sobre as estatisticas... eu acho que, de certa forma, os mais novos são mais serios, por isso enfrentam melhor as coisas!

      Excluir
  8. Não quero nem contar minha nota, porque também seria individual... Rs. Achei interessante você tocar no assunto da incrível busca de uma pessoa perfeita no mundo gay, perfeita principalmente no sentido de mostrar para os outros. Fiquei chocado em saber que existem pessoas que não apresentam seus namorados por vergonha. Deveriam ter vergonha de si mesmos.

    Abraço! E parabéns pela nota! Achei altíssima! Mas vocês merecem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com disse egotriplice, a nota é alta porque é feita com os olhos do amor e da generosidade! E o Mr. Jay ficou bravo porque achou a nota baixa! rsrsr

      Excluir
  9. No meu caso seria casal 25, a média das idades... :)

    http://implacavel85.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha ai! mais um querendo mudar as regras do MEU jogo! rsrsrsr tá bom tá bom... vamos mudar as regras! rsrsr

      Excluir
  10. Seu texto veio mais dilacerante do que qualquer sessão que eu tenha tido com minha terapeuta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentario BOB, mas com certeza sua terapeuta vai saber trabalhar com isto melhor que eu! rsrsr

      Excluir
  11. Boa tarde, li com atenção, confesso que sou totalmente com o carimbo dado ao casal, penso que todos tem o direito à sua felicidade, seja esta em qualquer lugar independentemente da idade, tudo tem que ser tratado e assumido com os olhos nos olhos.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta questão dos carimbos é muuuuuuito complicada! obrigado pela visita e pelo comentario!

      Excluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!