9 de novembro de 2016

CUNT! (1)

Eu não sei vocês, mas eu acordei com um susto hoje! 
Eram 7 horas da manhã, o Mr. Jay estava saindo para uma reunião do trabalho e eu acordei um pouquinho, mesmo com ele pé-ante-pé no quarto para evitar fazer barulho... eu podia dormir até ás 7:30... e este soninho extra sempre é maravilhoso não é? 
Mas quando ele me disse "O Trump ganhou!" eu entrei em choque, pasmei, palpitações, perdi totalmente o sono... aliás fiquei "passado", melhor "passado e engomado"!

Se eu já senti a sensação de vergonha com as nossas eleições, como ter o Bolsonaro como o mais votado, então eu entendo perfeitamente o que alguns americanos estão sentindo... Ontem a Miriam Leitão disse que a Hillary tinha conseguido uma façanha, unir o PT, PMDB, PSOL, PSDB, PCB e todos os outros partidos, pois todos achavam que a eleição dela era o melhor para o Brasil! E ninguém admitia a possibilidade dela não ganhar!
Como o Renato Gentile apontou no FACE ... depois do "nine eleven", agora os americanos vão lembrar do "eleven nine"

Eu não sou analista politico, nem expert em sociedade, mas me parece que Temer, Brexit, Putin, Dória, Le Pen, Bolsonaro, Estado Islâmico, e outras coisas, tem muito mais em comum do que parece... e não pelo que eles fazem, mas pelo que os outros NÃO FAZEM!
A minha percepção é que os progressistas -  e eu me incluo humildemente como um deles, como uma das pessoas que pensam e lutam por um mundo mais justo, um mundo com menos desigualdade, um mundo melhor para nossos filhos -  não estão conseguindo sensibilizar a sociedade. 
O que se convencionou chamar de "esquerdas" não está conseguindo mostrar para as pessoas que a "revolução"(2) para um mundo melhor vai ser boa para todo mundo! As "esquerdas", ou os "democratas" ou "socialistas", que chegaram ao poder, se perderam na busca de poder, pois acreditavam que os fins justificavam os meios! 
Enfiaram o bolsa família (ou o obamacare, ou os imigrantes sírios) pela goela de uma parte enorme da população porque acreditavam ser o melhor (e eu concordo), acreditavam que com o tempo todos entenderiam isso, e passariam a apoiar...só que isso não aconteceu... não convenceram milhões de mulheres, operários, pobres, negros, hispânicos, LGBT que se não tivessem votado no Trump ele não venceria... nem o presidente do Brasil se chamaria Michel!
Resultado de imagem para não sabe de nada inocenteDe alguma forma os progressistas são "uns inocentes" por acreditarem em contos de carochinha, em não verem que as leis que protegem as mulheres, apenas para citar um exemplo, tem mais de 50 anos e ainda há muito o que lutar... Em acreditarem que os métodos doutrinários e as imposições - que são parecidos com os métodos reacionários - vão realmente convencer as pessoas do que é "melhor".

Qual o caminho? Eu não sei! Mas o recado é claro, o fundamentalismo partidário, ou ideológico, tem que ser revisto, repensado, para que ele possa oferecer alternativas reais de mudanças revolucionárias, no melhor dos sentidos, propostas para o futuro do homem, propostas de reflexão, de um novo homem. Um homem em que o amor e a empatia sejam mais visíveis que o próprio umbigo, um homem aberto a mudanças, um homem possível, talvez menos capitalista, menos consumidor compulsivo, mas eu não sei bem como fazer isso!  Mas estou disposto a apoiar o caminho, mesmo que só meus netos vejam o resultado!


E você? Como acordou hoje? Está com medo do futuro? Ou está tranquilo? O que precisa ser feito para termos um homem melhor no futuro?


(1) CUNT é considerada "the most offensive word in the English language" por muitos falantes do idioma do bardo, é a palavra que o Michael, amigo americano do Mr. Jay, usou para definir o Trump no sábado quando jantamos juntos... fico imaginando o mau-humor dele hoje!
(2) eu acho que foi BURKE que disse que os "reacionários" e os 'revolucionarios" querem a mesma coisa, negar o presente! Os "reacionários" acreditam que o MELHOR do homem está no passado, que o homem piorou e que só a volta ao passado vai nos trazer o melhor, já o "revolucionário" acha que o MELHOR do homem está no futuro, e só uma ruptura com o presente pode levar a isso!
(3) Pelo que sei a eleição americana já teve repercussão no sistema solar... Marte acaba de endurecer as leis de imigração... não vai dar para se refugiar lá! Clique AQUI e saiba mais



15 comentários:

  1. Tenso também mas vejo claramente o futuro político por lá. Os Republicanos com a Casa Branca ocupada por eles [mesmo quer por um desafeto] e também a Câmara e o Senado. Trump será um marionete nas mãos de seus Secretários que serão impostos pelo partido e dos Congressistas de seu partido mas também seus desafetos. Opções dele: Ele aceita ser o tal marionete e eles governam de forma tradicional e seguindo os preceitos do Partido Republicano ou ele empina o topete e enfrenta a todos impondo suas teorias loucas. Neste caso, ele não dura 1 ano e meio como hóspede da Casa Branca. Receberá o Impeachment por seus próprios correligionários que colocarão em seu lugar o Vice também Republicano e afinado com o partido.

    Anote, grave e espere! rs

    ps: Não sou uma Pitonisa mas percebi a mesma coisa com a Dilma quando eleita para o segundo mandato. Se aqui caiu imagina você lá nos States ...

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc "não pitonista" a primeira coisa que me veio a cabeca, diante dessa insanidade política de elegerem Trump, foi: quem será o vice dele? Porque por mais que nao houvesse muita escolha (assim como nos no Brasil)...esse psicopata megalomaníaco, encarnação fascista no séc XXI, não governa por mais de um ano! Mas vamoa ver, pior não vai ficar....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo8:44 PM

      o Vice do Trump é pior que ele! É um homofóbico!
      Nick

      Excluir
  3. É o que tem pra hoje, ou melhor é o que tem para os próximos quatro anos!"o povo sabe o que quer".

    ResponderExcluir
  4. Quando acordei pensei que continuava a dormir e estava tendo um pesadelo. Ainda me encontro incrédulo que ele ganhou mesmo. Tempos muito imprevisíveis estão chegando...

    ResponderExcluir
  5. Por cá a maioria dos tugas sabem mais da economia americana (virou tudo especialista nessa área) do que da economia portuguesa

    ResponderExcluir
  6. Eu nem cheguei a conseguir dormir de tão incredula com a evolução da votação. É que, por um lado,posso compreender o voto, por outro lado, não aceito que um homem que não tem respeito pelas diversas comunidades seja realmente o representante dos norte americanos. Pode ser que agora a sociedade civil aja de uma forma mais assertiva e concertada. Aqui deste lado eu pelo menos comecei a arregacar mais as mangas ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. * sociedade aja de uma forma mais assertiva e concertada pela defesa dos seus direitos humanos.

      Excluir
  7. Também acordei com um bruto de um susto. A minha irmã ligou-me em pânico... e "panica-mos" os dois...
    E quanto ao futuro... claramente ninguém o adivinha.

    ResponderExcluir
  8. Eu acompanhei o resultado da apuração mais ou menos até as 3h da manhã. Quando vi que ele já tava muito à frente da Hillary, já vi que ele ia ganhar e fui dormir, sabendo o que eu ia encontrar no dia seguinte.
    Bom, o que eu tenho a dizer sobre isso é o seguinte:
    Em qualquer época e em qualquer parte do Mundo, de vez em quando aparece algum babaca falando um monte de merda e junto com ele aparecem algumas dezenas de pessoas aplaudindo as merdas que ele fala. Isso é inevitável e, se você estudar um pouquinho de História, você vê inúmeros exemplos disso que aconteceram ao longo dos séculos.
    Mas o problema do Donald Trump é mais sério: ele não é só um babaca falando merda e com algumas dezenas de pessoas aplaudindo as merdas que ele fala; ele é um babaca falando merda e com metade de um país aplaudindo as merdas que ele fala!!!
    Isso é muito mais assustador do que ter ele como presidente! Porque a gente chega à nítida conclusão de que tem alguma coisa errada com a cabeça daquele povo!
    Um povo minimamente ´normal` não vai oferecer uma aceitação tão grande a discursos tão loucos.
    Eu, sinceramente, pensaria 10 vezes antes de ir aos Estados Unidos, mesmo que fosse a turismo.

    ResponderExcluir
  9. Um geminiano louco que se acha o Iron Man por morar numa torre. Medo de uma guerra nuclear. Ou será apenas mais um personagem mascarado, como o Papa Francisco.

    ResponderExcluir
  10. Não fiquei assustado mas perplexo pela forma como tudo acabou. Não estava à espera desse resultado.

    ResponderExcluir
  11. Não sei porquê mas já estava à espera.
    Sinceramente não sei até que ponto é mau. Acho que precisamos cá de um maluco igual a ele...

    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. Anônimo9:46 PM

    Nos bastidores do reino: a vida secreta na Igreja Universal do Reino de Deus

    Mário Justino
    Geração Editorial, 1995 - 150 páginas

    AQUI É REVELADO TODO O PASSADO SUJO DA IGREJA UNIVERSAL

    Pela primeira vez, um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus revela com enorme impacto os segredos da seita do bispo Edir Macedo, hoje espalhada por quase todo o mundo. A obra caiu como uma bomba sobre a organização de Macedo, que conseguiu na Justiça uma liminar impedindo provisoriamente a circulação do livro, que ficou apenas 22 dias nas livrarias, desde seu lançamento, em novembro de 1995. A editora lutou e conseguiu, na Justiça, a liberação da obra, em que o ex-pastor Mário Justino narra sua amarga experiência com religião, drogas e o submundo do crime, no Brasil e em Nova York. Um livro recomendado para jovens e que foi adotado como educação para a cidadania por vários professores.


    Completo em PDF para baixar:

    Para baixar é só clicar no botão verde.

    http://migre.me/vxbde

    ou

    http://www.mediafire.com/file/zkxcyleck3a1c59/NOS+BASTIDORES+DO+REINO+-+M%C3%81RIO+JUSTINO+-+COMPLETO.pdf

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!