7 de julho de 2006

Só doi quando a gente ri!

Esta semana pipocaram, aqui e ali, algumas noticias sobre avanços (no Brasil, no Canadá) e retrocessos (em Nova Iorque) com relação á conquista de alguns direitos da comunidade GLTTB, mas enquanto nosso direitos não avançam avança mais rápido, acho que dá para a gente rir de muita coisa:


"Vocês podem sentar no meio do ônibus, o que acham disto?" - brincando com o fato que os grupos conservadores só aceitam que os gays tenham "uniões civís" e não casamentos, uma coisa assim... no meio do ônibus

"Todos que estiverem alarmados com a onda de casamentos gays comecem a ligar, quero ouvir isto de vocês" - brincando com o fato de que a maioria das pessoas não tem realmente um motivo para ser contra o casamento de pessoas do mesmo sexo, ou , a quem realmente interessa impedir isto?

"Eu apoio o casamento gay, desde que os dois caras sejam gostosos!"

13 comentários:

  1. O mais curioso é que tem gente que é contra o "casamento gay" e nem sabe explicar por quê é contra!
    Eu não gosto de chamar de "casamento" porque acho que acaba transmitindo aos héteros uma idéia de que alguém vai entrar na igreja vestido de noiva e jogar o buquê (parece que é isso que eles entendem, né?). Então, prefiro dizer "união civil", que fica mais característico do que a gente pretende.
    Bom, queria convidar vocês pra passarem lá no blog e darem uma olhada na matéria que eu fiz sobre a dificuldade que todos nós temos de fazer amizade com homens héteros.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  2. Realmente tem muita gente que segue a massa e é contra a união civil (também conhecida pelo termo casamento) entre pessoas do mesmo sexo. Dizem de tudo: que Deus é contra, que é isso, que é aquilo... mas Deus é contra a violência, a dor, a doença e, principalmente, o julgamento que nós humanos fazemos. Enquanto formos contra ou favor de algo puramente seguindo a massa, não vamos chegar longe... Vamos ter opinião própria e decidir por nós mesmos? Antes de ser contra ou não, vamos saber o que significa?

    Abraços do A. Ferraù!

    ResponderExcluir
  3. Como eu vi num seriado, quem se "casa" sempre foram os heteros ne!? e olha o tanto de fracassos, se eles consideram isso uma coisa boa pq nao podem simplesmente nos desejar boa sorte!? Se a gente fracassar nao sera diferente dles mais se tivermos sucesso nossas conexoes iram florecer!
    Eu se casar msm, qro sim minha noiva num vestido lindo isso eh pedir d+!? Quem tiver achando ruim q va morar em marte, pq isso informar mais o planeta terra eh gay!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo5:51 PM

    Bom comentario , boas charges, acho que temos que ter um pouco de snso de humor dentro de todo essa contexto, faz parte, estamos conseguindo grandes vitorias, acho que sao passos, temos que continuar batalhando por tudo isso
    beijos e me liga
    dandara

    ResponderExcluir
  5. Realmente a união civil seria "o passo" para muitos gays!
    E o mais engraçado é que ninguém que é hetero realmente seria afetado com a medida! É algo realmente de preconceito! Incrível! Humano!
    Bem, meu fofo, não desapareci totalmente! E ainda espero aquela história sua, pra eu ler! :P

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Pra mim o importante é termo nossos direito garantidos pela lei. O nome pouco importa, casamento ou união civil. Mas muitos exageram, daqui a pouco vão querer casar na igreja. Muita coisa é desnecessária e fora de propósito.
    Ótima semana pra você. :D

    ResponderExcluir
  7. Pre-conceito mesmo, não há nenhuma outra explicação...

    ResponderExcluir
  8. Mahatma M.M. Mazzarelli7:04 PM

    Bom, esse lance do preconceito vai longe. Aceitar ou gostar disso ou daquilo, ninguém é obrigado não! Nem mesmo nós, gays, claro! Contudo, RESPEITAR sim!! Isso tem de vir de todos os lados e para todos! ACho que o papa da Igreja Católica está ou estava em Valença, Espanha, nesta semana em comemoração de não sei o que lá da Família. Um tipo de campanha pela valorização da família. E justamente na Espanha foi legalizado tanto o CASAMENTO (acho que não se trata de "união civil" não! É casamento mesmo!) e ADOÇÃO de filhos por casais homossexuais. Ou seja, o papa deu aquela espetada no governo liberalista espanhol. E eu estava vendo um programa de entrevista na rede de tv católica, entrevistando um padre jovem (um gato, diga-se!!) e ele metendo o pau nisso, "casamento" gay, adoção por gays e blablabla, como se TODO MUNDO FOSSE CATÓLICO! Oras bolas, eles que imponham esses "valores" católicos aos católicos! E deixem os outros viverem como bem quiserem, desde que não estejam infringindo o direito do próximo. É um absurdo!!

    ResponderExcluir
  9. Anônimo10:55 AM

    Looks nice! Awesome content. Good job guys.
    »

    ResponderExcluir
  10. Anônimo9:31 PM

    Here are some links that I believe will be interested

    ResponderExcluir
  11. Anônimo9:05 PM

    I like it! Good job. Go on.
    »

    ResponderExcluir
  12. Anônimo3:18 AM

    Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
    »

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!