8 de agosto de 2014

Você só morre, quando a última pessoa que lembrava de você morrer também...*


Ontem chegaram as cinzas do meu cachorrinho... depois que ele morreu eu não sabia bem o que fazer. A veterinãria sugeriu a cremação... não tenho quintal então não tinha a opção "clássica" de enterrar no quintal num caixa de sapatos... as cinzas vieram numa caixinha bonitinha, com uma linda carta de condolências do crematório especializado em pets... muito emocionante...
 
Agora não sei bem o que fazer com as cinzas... mas estou pensando em colocar uma foto na tampa e deixar guardada... ou talvez espalhar as cinzas nos vasos da casa... sei que o que vai me lembrar dele não é isto, mas é uma saudade ...
 
E saudade é bom não é?
 
* eu acho que ouvi esta frase num filme, mas na internet encontrei uma referência como sendo do escritor israelense Amós Oz : “Nós vivemos até o dia em que morre a última pessoa que se lembra de nós”.
 
 

26 comentários:

  1. A frase dá para pensar ;)

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza Francisco! é uma reflexão e tanto sobre a nossa finitude!

      Excluir
  2. “Nós vivemos até o dia em que morre a última pessoa que se lembra de nós”. Para mim isto é de uma sabedoria e de uma verdade ímpar ... sou to tipo q reverencia a memória de todas as pessoas queridas e que marcaram minha vida. No caso eu guardaria a caixinha com a foto ...

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc é um cultivador de amizades com certeza Bratz! pelo pouco que vejo em seu blog vc deve ser muito bom nisto! abraço e beijo

      Excluir
  3. eu colocaria nos vasos, cada flor, cada folha nova, é um pouco dele não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vai ser nos vasinhos mesmo FOxx! abs!

      Excluir
  4. Minha amada passarinha ( isso soa muito estranho!!) Lescault está enterrada no pé de azaléias rosas aqui do condominio, ao lado da sua fiel companheira ( sim,elas eram gays...ou como carinhosamente as chamava: "sapatinhas aladas") Lailah.
    Cada vez que entro no condomínio vejo minha amiga alada ( e bastante temperamental......) pousada no meu ombro brincando com meu brinco.
    Ao escrever essas linhas me vem um sorriso gostoso e a certeza de que ela está tão viva quanto eu!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Lindo Jose Antonio, que poetico! obrigado por compartilhar a historia de Laillah e Lescaut!

      Excluir
  5. e a dor continua por muito tempo. e dói, dói, dói. abraço forte.
    dentrodabolh.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado BOLHA, mas a dor vai atenuando quando sabemos que foi o melhor para ele... abs!

      Excluir
  6. Eu acredito nisso. Só morremos efectivamente quando a última pessoa que se recorda de nós também morre.

    Quanto às cinzas, colocar num vasinho de flores pode ser uma boa opção. Quando morremos e a matéria se decompõe, tornamo-nos componentes da terra, aproveitados por outros seres vivos como as plantas. Na Natureza nada se cria, nada de perde, tudo se transforma, como diria Lavoisier.

    um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Mark, eu nem tinha me lembrado do Lavoisier! Mas pensando nisto a alternativa do vasinho é a mellhor! abs!

      Excluir
  7. Foi horrível pra mim quando eu perdi minha cadela.
    Concordo muito quando diz que o mais importante são as lembranças e a saudade.
    Força aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela força SAM, mas aos poucos vamos superando... abs!

      Excluir
  8. Eu jogaria no mar, como se fosse devolvê-lo para a mãe natureza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia Douglas, mas ele morria de medo do mar... acho que vamos de vasinho mesmo!

      Excluir
  9. Essa imagem é uma verdade inquestionável!!

    Meu pêsames pela perda... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado "Cara Comum", aos poucos a gente vai se acostumando... obrigado, abs

      Excluir
  10. Coisa mais linda, em toda a sua tristeza! Acredito que como o FOXX falou acima, colocar em cada vasinho vai ser uma forma toda carinhosa e especial de sentir ele perto de ti, vivo, em cada planta!

    Abração Querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e ainda mais que uma das plantas é da minha avó! assim será!

      Excluir
  11. Interessante... outro dia conversando com uma amiga ela brincava dizendo que morria de medo de ser como aquelas pessoas que morrem e ninguém dá falta... ao ler essa frase, me lembrei dessa conversa... A frase guarda uma sabedoria incrível...

    Que bom que vocês encontraram um solução para as cinzas, achei bastante interessante...

    E aproveitando, um feliz dia dos pais para você! ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a isto se chama sincronicidade! eu ja conhecia a frase a muito tempo e ela sempre me marcou! abs!

      Excluir
  12. É isso mesmo; saudade é o amor que fica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e saudade é bom não é? abs! obrigado pelo coment

      Excluir
  13. Legal a frase, e é um pouco isso mesmo !

    Quanto as cinzas, acho os vasos, o melhor lugar ... de volta à Terrra ...

    Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já estão nos vasinhos! foi isto mesmo que pensei! de volta a natureza e alimentando coisas vivas!

      Excluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!