11 de junho de 2015

Drácula Morreu!

Ele era tido como imortal, e a bem da verdade quase foi, mas hoje, aos 93 anos, morreu o Drácula
Não foram os aldeões, não foi uma estaca, não foi uma bala de prata. Foi a idade mesmo, o coração falhou, o pulmão falhou...
Nesses tempos de vampirinhos teens e de day walkers (ver TRUE BLOOD), acho uma perda imensa!

Eu assisti muitos filmes do Christopher Drácula Lee na minha infância, filmes que passavam "tarde da noite" um pouco antes da tv sair no ar - sim, a tv não era 24 horas nos tempos em que era movida a lenha - e eram filmes que me davam muito medo! Do tipo ir dormir com a porta trancada, calçada com uma cadeira e deixando a luz acesa.
Mas eu sei que, se comparados com alguns filmes de terror de hoje em dia, os Dráculas Clássicos poderiam passar na sessão da tarde, ou na sessão comédia...totalmente trash!

Todos eles tinham o mesmo roteiro básico "jovem casal perdido na floresta encontra abrigo num castelo misterioso onde tem um mordomo sinistro e um patrão que só aparece na hora do jantar" e tinha a invariável "mocinha que ouve um barulho e sai sozinha para procurar de onde vem o barulho" enquanto quem está assistindo fica berrando "VOLTA PARA A CAMA SUA BURRA!"
No meu tempo, estes filmes, produzidos na década de 50, já eram velharias, alguns eram inclusive em p&b! Mas acho que povoaram o imaginário de muita gente! Se quiser começar por um eu recomendo O PRÍNCIPE DAS TREVAS... olha que legal chamar ....o Drácula de... "príncipe"! 

Depois da onda de filmes de terror dos anos 60/70, onde ele tb interpretou Frankenstein e outros monstros, a carreira dele estagnou, e ele só foi ressurgir de verdade com a trilogia de Senhor dos aneis. Apesar do Christopher Lee, que até cantor de rock foi,  ter este aspecto sinistro - até em Star Wars ele foi sinistro - o que sei da vida pessoal dele é que era um militante por várias causas, um "gente boa" como dizem.... até voluntário na Segunda Guerra Mundial ele foi!

A trinca Vincent Price, Boris Karloff e Christopher Lee sintetizaram o básico do terror no cinema, o que veio depois foram efeitos especiais e muito sangue desnecessário! 
Eu me sinto uma tia velha quando estes caras morrem... relembrando o passado, com saudosismo... mas mesmo os mais jovens vão lamentar a morte de Saruman, o Branco.!

E você? Tem medo de vampiro?

17 comentários:

  1. Gostei do Tia Velha ... eu como sou mais que um pleonasmo acho ótimo vc ainda poder se considerar assim ... kkk ... Bratz é Avó Velha mesmo ...
    A trinca Vincent Price, Boris Karloff e Christopher Lee marcaram minha meninice ... sem medos ... mas hoje, já não curto este gênero de cinema mais não ... vai entender né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querida Vovó Bratz... só envelhece quem envelhece por dentro! e isto nunca vai te acontecer amiguinho!

      Excluir
  2. Sir Christopher Lee era de uma raça em extinção. Era um lord inglês que não era somente possuidor de uma cultura vastíssima. Era um gentleman de primeira linha. Tive a honra de conhecê-lo na minha estréia em Glyndebourne.
    May the angels welcome him in his new path!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AFF! conheceu pessoalmente! Inveja total! Ele foi te assistir?

      Excluir
    2. Foi sim....Foi na minha estréia! Eu tinha 16 aninhos , mas lembro muito bem do que ele disse: " Such a powerful voice shuold try heavy metal instead of opera" rsrsrs
      Bjs

      Excluir
  3. Um génio no seu tempo! Que descanse em paz e ressuscite como vampiro! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito legal isto que disse! ele merece este tipo de reencaranção!rsrsr

      Excluir
  4. O cinema fica mais pobre, sim. E, aos poucos, as glórias vão nos deixando. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema Mark é que temos alguns substitutos... das glorias que estão nos deixando, mas me parecem em numero bem menor! abs

      Excluir
  5. Tal como o Mark disse, sem dúvida que o mundo do cinema ficou mais pobre!

    bjxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário Teresa, concordamos todos!

      Excluir
  6. Oie! Tudo bem?
    Cê acredita que eu nunca vi o Drácula com o Christopher Lee? E nem vem me dizer que é porque sou nova e blábláblá porque sou uma pessoa totalmente atemporal e fascinada por filmes trash.
    Meu Drácula ever sempre foi Bela Lugosi. Como gótica, amo Bauhaus e vez ou outra me pego cantarolando Bela Lugosi is dead, undead, undead, undead...
    Mas o único vampiro que acho aterrorizante mesmo é Nosferatu.
    E jura que tu não curte True Blood? Ah, eu também curto uns vampirinhos modernos tipo o Damon Salvatore, faz bem para a vista. rs.
    Mas enfim, "vampiridades" à parte, com certeza é uma grande perda.
    Beijos e um ótimo fim de semana para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, obrigado por seucomentario! Tentr achar alguns filmes na internet! Acho q encontra!

      Excluir
  7. Um dos grandes filmes que faz parte da minha memória e infância enquanto criança, e sempre tive uma "pancada" por vampiros foi um filme dele, "Por favor não me morda o pescoço". Sempre encarnou e bem esse papel, teve outros, ficará ficar na história juntamente com um inúmero grupo de atores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvida! Estes fimes e tantos outros fazem parte do nosso imaginario! Obrigado pelo comentario!

      Excluir
  8. Me vi no teu texto, principalmente na luz acesa para dormir e no
    "volta pra cama, sua burra!", kkkk. Soube marcar um estilo de interpretação para este gênero muito bem. O primeiro filme que vi dele foi "Os ritos satânicos de Drácula", com minha mãe e minha tia. Antes disso eu nem sabia o que era um vampiro, pensava que fosse uma espécie de girafa voadora (!!!). Mas eu tinha 5 anos (se alguém quiser o fone de minha mãe para perguntar por que uma criança de 5 anos assistiu "Os ritos satânicos de Drácula", peça que eu forneço). Abração! E que ele descanse em paz, contribuiu muito com sua arte.

    ResponderExcluir
  9. Me vi no teu texto, principalmente na luz acesa para dormir e no
    "volta pra cama, sua burra!", kkkk. Soube marcar um estilo de interpretação para este gênero muito bem. O primeiro filme que vi dele foi "Os ritos satânicos de Drácula", com minha mãe e minha tia. Antes disso eu nem sabia o que era um vampiro, pensava que fosse uma espécie de girafa voadora (!!!). Mas eu tinha 5 anos (se alguém quiser o fone de minha mãe para perguntar por que uma criança de 5 anos assistiu "Os ritos satânicos de Drácula", peça que eu forneço). Abração! E que ele descanse em paz, contribuiu muito com sua arte.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!