30 de junho de 2016

Eu não queria casar!

Sério! Eu não queria casar! 
Não que eu não ame o Mr. Jay e não saiba que ele é a pessoa com quem quero passar muito tempo da minha vida. 
Não que eu não o admire como pessoa e como homem. 
Não que eu não tenha o maior tesão por ele...
Eu não queria casar porque eu sou de um tempo que a gente não podia escolher com quem casar. Eu sou de um tempo em que o casamento estava circunscrito a algumas pessoas, as tais pessoas "normais". Eu sou de um tempo em que casar, constituir família oficialmente, não estava "no radar" dos homossexuais.
Então eu aprendi, com o Mr. Jay, que eu podia sonhar mais alto, podia querer mais do que apenas a sociedade permitia, podia me casar!
Eu, confesso, demorei um pouco a ser convencido, não que eu não o ame, não que eu não queira, muito, estar sempre grudado com ele, não que eu não tenha certeza do quanto ele me ama... Mas eu achava que morar junto era mais do que suficiente, era prova do nosso amor, nosso compromisso, nossa felicidade, mas isso ele chama de "brincar de casinha".

Eu achava que todo aquele "salamaleque" de casamento era bobagem, era uma "gastação" de dinheiro a toa, era muita trabalheira, stress. Para mim casar era de certa forma "pagar pau" para a sociedade, sendo que quem podia definir a minha união deveriam ser apenas eu e ele!

Mas então... Eu casei! 

E foi uma coisa incrível! 

Acho nunca me senti tão especial em minha vida, especial por ser escolhido pelo meu Marido, especial por me permitir viver aquele momento, especial por receber o carinho de tanta gente! Eu terminei o dia em verdadeiro êxtase. Com o peito explodindo numa felicidade de um tipo que eu nunca tinha experimentado...

É claro que teve todo o stress da organização, os detalhes todos para definir, desde escolher o local, definir o que ia ser servido, a cor do convite, que musica tocar, onde as pessoas vão sentar... até combinar show com a DragQueen... ufa!
Mas tudo valeu a pena! 
Parece que as pessoas se emocionaram, se divertiram, se envolveram, pelo menos foi o que me reportaram, então, mesmo a gente organizando o casamento porque era importante para nós, foi muito legal saber que a família, os amigos, gostaram!
Para nós foi uma noite incrível!

Então eu, que tinha aquela postura "blasé", de pouco interesse, em relação ao casamento, mudei de ideia completamente! Realmente o casamento foi uma excelente, incrível, maravilhosa marca para o nosso ANO UM! Agora, eu vou entender perfeitamente o que as pessoas querem quando falam em casar, agora eu criei empatia por algo que não conhecia...
Casamento? EU RECOMENDO!

E você? Recomenda? Almeja? Nem morto?

Foto do nosso CAKE TOP
(tem que ser em inglês para ficar chique)

12 comentários:

  1. Parabéns

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Recomendadíssimo!!!!
    Sempre!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Wagner8:21 PM

    Ah, que gostoso! Meus parabéns!!! Acho que minha vez demora um pouquinho a chegar... mas eu quero!

    Felicidades a vocês!
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao casal. Eu tb sou do tempo em que não se casava. Tb sou do tipo q não valorizo este rito. Assinamos contrato de União Estável por pragmatismo. Casar não sei o que é, talvez, por isto, tenha esta certa "repulsa".

    ResponderExcluir
  5. Hummm...recomendo...mas ainda não estou preparado. talvez porque cresci a pensar que nunca seria a minha praia...

    ResponderExcluir
  6. Fiquei feliz demais com teu relato, parabéns meus queridos que a felicidade desta já consagrada união os mantenham companheiros e amantes...do teu ponto concreto de vista é possível ser feliz tendo um casamento, mas não tou convencido ainda.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  7. Se um dia me casa, é sinal que o mundo está de pernas para o ar, ou seja, será mesmo muito, mas muito impossível. Mas fico feliz por quem passa por esse momento tão especial.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo12:36 AM

    Que beleza que deve ter sido sua cerimônia de casamento! Até show de Drag Queen, que chique! Na minha opinião, casamento é uma convenção social que, para algumas pessoas, é muito importante e pode sim, ser um sinal do amor. Mas há quem ache que ele é dispensável para a felicidade. Enfim, cada um na sua "vibe", né? Importante é ser feliz do seu jeito, ainda que não convencional.

    ResponderExcluir
  9. Felicidadeeeees meu querido!
    Eu também não via necessidade, mas fiquei sonhando quando fiquei apaixonada hahah não deu em nada, mas fiquei achando que posso sonhar sim =D
    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  10. Muitos parabéns!!!! Beijinhos de Portugal

    ResponderExcluir
  11. Primeiro parabéns, que vocês estejam sempre acompanhados de Já sobre o casamento, sonho com ele, mas no devido tempo, atualmente sem estar em um relacionamento vejo-o bem distante.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Foi especial para mim. Casar é muito bom. Viver a dois,o dia a dia eu acho incrível. Casai-vos!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!