1 de setembro de 2005

Filho empata?

Acho que uma das grandes questões que afastam os homossexuais, especialmente os homens, da idéia de ter filhos, é imaginar que com um filho eles perderão a liberdade. Pensam que terão que reestruturar suas vidas, mudar seus hábitos, terão menos liberdade, não poderão sair tanto, viajar tanto.
E isto é verdade! um casal com filhos, seja este casal formado por dois homens, duas mulheres ou por um homem e uma mulher, tem menos liberdade, tem que mudar seus habitos, não podem sair tanto, viajar tanto..e digo mais, irão provavelmente transar menos!
Definitivamente filho empata foda!
Com filhos em casa os pais não podem se "atracar" a qualquer hora na cozinha, tem que parar "o que estavam fazendo" porque a filha chama, e outros pequenos detalhes do cotidiano...que muitos que leem este blog entendem bem...
E isto afasta muita gente da ideia de ter filhos, como também afasta as pessoas de relacionamentos duradouros, que também implicam numa certa perda de liberdade - mas com muitos ganhos não é?

Na realidade, ter filhos é um opção, um sonho, um desejo, quem quer, quer, quem não quer, não quer! Ninguém é obrigado a ter filhos, por mais que a sociedade pressione ou a biologia grite (especialmente no caso das mulheres) .
E nem um grupo vai convencer o outro de seus pontos de vista! para um pai o sorriso de um filho é pagamento com sobra pela eventual perda de liberdade. Para alguem que não quer ter filhos, sua liberdade não tem preço!

E você, acha que filhos são antônimo de liberdade?

5 comentários:

  1. Anônimo12:58 PM

    eu não concordo que seja antonimo de liberdade mas que diminui um pouco sim, e que sabendo ser uma pessoa disciplinada dá pra conciliar as duas coisas; filho e liberdade.
    nandosp

    ResponderExcluir
  2. Ter filhos é uma opção para toda a vida. Tudo muda depois que temos filhos e na minha opinião muda para melhor ! Se é antônimo de liberdade?...depende do que cada um considera liberdade...e de como cada um administra sua vida...não deixei de viver nada que fosse importante para mim por causa de meu filho, mas com certeza vivi coisas diferentes das que viveria se ele não fizesse parte de minha vida.
    Não existe coisa melhor na vida do que ver meu filhote crescer feliz e cheio de saúde !
    Beijos muitos

    ResponderExcluir
  3. Ois!

    Cada vez para mim se torna mais essencial ter um filho, mesmo sendo homossexual! Mas penso que isto que relatas neste post acontece a qualquer pessoa que tenha ou decida ter uma criança... Suponho que a felicidade e o sorriso do nosso filho vale qualquer sacrifício, no entanto, já ouvi comentários de pessoas que têm um ou mais filhos e que deixaram de fazer quase tudo o que lhes dava gozo na vida! Eu acho que isso só acontece porque muitas vezes os pais esquecem-se que para transmitir e dar felicidade têm eles próprios que ser felizes, e isso acho que pode conseguir-se fazendo alguma "ginática mental", organização e força de vontade...

    Abraço de Portugal e continua com este blog fantástico|

    cristms

    ResponderExcluir
  4. Que empata, empata, rs,rs,rs...mas que "astravanco" bão, sô,
    amo meus filhos, amo ver o quanto amas tua filha
    como este blog está gostoso de ler, meu amado amigo!!!

    ResponderExcluir
  5. Jeovane9:01 PM

    Eu penso que pra tudo tem um momento na vida, tipo, um casal com pouco tempo de convivência não quer ser incomodado, mas já um casal com mais tempo de "casa", e uma vida estável, pode querer se dedicar a alguma coisa menos egoísta do que o sexo impulsivo e ás vezes até compulsivo... rs
    Se eu pudesse ter um filho,meu e do meu namorado, tipo, que ele tivesse nossos genes de verdade... eu faria um menininho lindo !!!
    Se alguém soube alguma coisa sobre essa possibilidade... poste aki, vou voltar pra ver !!!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!