21 de abril de 2006

Ensinante e Aprendente

Acho que uma das facetas mais interessantes em assumir a paternidade é o exercício do papel de "professor". Pois pais e mães são constantemente chamados a "ensinar" coisas!
Tem até um livro, PAIS BRILHANTES, PROFESSORES FASCINANTES, que fala muito sobre isto.
Sei que muita gente vai dizer que um bom professor normalmente já nasce vocacionado, mas eu não acredito tanto assim nisto!
Acho que a gente nasce vocacionado para o AMOR, se você AMA aquela criança, aquele filho, você vai ter jeito e paciência para ser o "professor" que ela precisa. E não pense que você precisa entender de Fisica, Biologia ou Matemática, você precisa ser versado em outras "matérias".
Mas concordo que para você "enfrentar" uma turba de umas 25 crianças numa sala de aula precisa de uma certa vocação (risos).
Você, ao assumir de verdade o papel de pai, ou mãe, vai ter que treinar seu papel de professor de ética, para que sua crinaça aprenda a ter compromisso com a verdade e com a justiça, justiça no sentido maior naturlamente.
Talvez tenha que ser um bom professor de coragem, não superprotegendo sua criança e ajudando-a a enfrentar o mundo como ele é, e não como os pais gostariam que fosse. Isto vai ajudar seu filho nos relacionamentos, vai ajudar seu filho a ficar longe das drogas, vai ajudar seu filho a enfrentar as dificuldades.
Tente também ser um bom mestre de emoções, não reprima seu filho quando ele chorar (especialmente se for menino), esteja ao lado dele no seu choro, entenda o que está acontecendo, não minimize, se sua menina chora "demais" na sua opinião, talvez o seu lado "professor de coragem" precise dar aulas extras...
Nunca cancele as aulas do professor de felicidade, ensine sua criança a perceber a alegria que a cerca, deite com ela para examinar formatos de nuvens, fazer bolinhos de barro e passar a noite inteira embaixo da cama brincando. Mesmo com todo o pó, sujeira e desconforto, estas lições são fundamentais!
Infelizmente alguns pais e mães ficam muito preocupados em "ter" felicidade que acabam esquecendo de "ser" feliz a cada momentinho...
Terças feiras? Aula de responsabilidade, lembre que seu filho ou filha, vai crescer, e vai viver 60 ou 70 anos baseado no que você está ensinando agora. Se ele não aprender responsabilidade agora, vai sofrer muito nos anos que virão, especialmente se você está criando ele para o mundo, e não para tomar conta de você na velhice.
Se nas lições de ética você não conseguiu incluir humildade e nem falou sobre egoismo, lembre-se de fazê-lo, pois caso contrário seu filho não vai se dar bem com conceitos como AUTO-ESTIMA, CARIDADE, RESPEITO, e tantas outras coisas que permeiam nossas vidas. Basta você olhar as "matérias" em que se dá mal hoje em dia para fazer o "planejamento de aulas" que quer dar para sua criança.

É claro que isto tudo é uma analogia, ninguém fica dando "aulas" para seus filhos, estes conceitos todos são passados no dia a dia, nas suas próprias atitudes. Você vai se observar melhor e vai crescer muito quando tiver um filho, este é um grande presente que os filhos nos dão, a chance de nos tornarmos pessoas melhores!
Não fique pensando que é voce que vai ser o professor o tempo todo, você vai ser aluno grande parte do tempo!
E você, não fica animado com a possibilidade de "ensinar" e "aprender"?

7 comentários:

  1. Ahhhhhhhhh.... brilhante como sempre...!!!
    Parabéns mais uma vez!

    ResponderExcluir
  2. EU ESTOU ADORANDO SEU BLOG

    MUITO BOM MESMO

    PARABENS

    DEPOIS APARECE NO MEU ...

    HAIRYBEARS
    http://hairybears.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse texto. Me peocupo tanto com a criação do meu filho. De não criar um "reizinho" dentro de casa, de lhe mostrar o mundo real, mas sem assustá-lo ou deprimi-lo.
    Acho que para sermos bons pais também temos que estudar, como em tudo na vida. Se vc quer ser bom tem que "treinar", estudar, trocar informações e se manter atualizado.
    Se engana quem acha que educar é apenas ensinar a falar "por favor", "muito obrigado" e cumprimentar as visitas.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Assim que possível passa pelo meu Quero-Te e participa no inquérito que esta a decorrer: O que mais te atrai num homem??

    Participa e obrigado!!!

    ResponderExcluir
  5. Menino, isso não é um post, é uma aula de 'Paternidade Adulta e Responsável'!!!! Que tal se desdobrássemos isso pra construir uma cartilha?! Vc pode vender essa idéia!!!!

    ResponderExcluir
  6. Fábio, era só uma viagem da minha cabeça... do jeito que vc escreve bem sobre o assunto, poderia propôr a alguma ONG bancar uma 'Cartilha sobre Paternidade Homossexual' ou coisa afim... assim o seu talento poderia ajudar um monte de gente que se encontra na mesma situação que vc, entende? Isso pra pensar de uma maneira, digamos, 'humanística', porque vc tb poderia pensar comercialmente e preencher esse nicho de mercado não explorado (aqui no Brasil, diga-se de passagem)!!!

    ResponderExcluir
  7. Sara Barbosa5:49 AM

    Ando a ler o livro de que fala nesse post. É muito bom, mas muito dificil, tb. Gosto muito de vir "beber" coisas lindas neste blog. Também acho que devia ser editadas ( desde q a edição tb chegue a Portugal!), Tudo de bom p você e continue a dar dicas ao pessoal. Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!