29 de abril de 2007

Dormir juntinho, verdades e mentiras!

Eu adoro dormir juntinho e você ?
Ficar de “conchinha”, poder pegar na mão da pessoa que ama, fazer um carinho no meio da noite, dormir tranqüilo, velando ou tendo o sono velado por alguém. O calorzinho é bom, e até o eventual pezinho gelado pode ser um “frisson”.
È muito bom também saber quem está ao seu lado, uma pessoa com quem você está construindo estórias e dividindo alegrias e tristezas.
Eu falei de sexo, de transar? Se não falei acrescente isto na lista de coisas ótimas relacionadas a dormir juntinho com quem ama.
Sei que muita gente tem vontade, muitos falam disto, tem vontade de levar uma vidinha caseira, com maridinho, ou esposinha, em casa. Sei que muita gente não gosta de acordar em camas estranhas e nem de dormir com “one night standing dates”.
Mas, vamos falar a verdade, nem tudo são maravilhas nesta coisa de “dormir juntinho.
Primeiro tem a questão do “encaixe”, cada um gosta de dormir virado para um lado, abraçado num travesseiro, com travesseiro no meio das pernas, com luz acesa, com musica, janelas e portas abertas ou fechadas, uns quase não se mexem, outros parecem que dormem num liquidificador, de tanto giram, e tantas outras excentricidades que precisam ser contemporizadas para se chegar num acordo. Mas isto não é difícil, é preciso que se respeitem.
Eu até vi uma reportagem bem boba, dizendo que casais que dormem virados para lados opostos é porque o relacionamento está em crise.
Eu, por exemplo, durmo sempre virado para o lado direito, abraçado num travesseiro enorme, e sem nenhum obstáculo na minha frente, pois senão não “consigo” respirar – sou meio abafado sabe- , durmo no escuro total, de porta aberta sempre aberta e, se possível, no silêncio. O meu namorido gosta de tudo ao contrário (hehehe)mas não estamos em crise!
Outra ciosa significativa no “dormir juntinho” são as questões biológicas, como o ronco, não estou falando do ronco eventual, num dia que se esta´ muito cansado, mas do ronco de todas as noites. Também temos que lembrar dos ruídos e gases corporais (ah! Como eu sou fino! Nem falei PUM), e do habito de levantar para ir ao banheiro no meio da noite.
Mas você se acostuma ou entra em acordo, com certeza.
O lado bom é pela manhã, quando acorda ao lado do seu amorzinho, se entreolham, sorriem, e dão um beijinho....
Se bem que o bafinho, pela manhã, ás vezes pode ser considerado um problema....

Mas nada disto vai me fazer desistir de dormir juntinho! Não desita você também!

10 comentários:

  1. Cristiane Furlin10:54 AM

    Olá... parabéns pelo blog.
    Sou estudante de Direito, estou fazendo um trabalho sobre casamento que será apresentado para toda a faculdade. Era para ser sobre o casamento civil "normal", mas no fim da apresentação eu vou mesmo é chutar o pau da barraca e discutir o casamento homo.
    Quero pedir sua autorização para utilizar algumas idéias suas, de coisas que você escreveu aqui. Ok?
    Sou hetero, mas não é preciso ser homo para respeitar vocês, não é verdade?
    Um abraço e tenha a certeza que a nova geração de juízes não será como esses canalhas hipócritas que aí estão.
    É a nova turma "Maria Berenice Dias" hehehe...

    ResponderExcluir
  2. Também li essa reportagem que vc falou e realmente é uma bobeira. Existe tb um outro fator a se considerar nessa questao de dormir agarradinho: clima. Quem consegue dormir agarradinho com uma temperatura de 35º? Haja ventilador e ar condicionado! Mas tirando algumas coisinhas, é muito bom isso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. EItaaaaa, como gosto de dormir juntinho. Eu e meu namorado dormimos separados no inicio do sono, mas depois nos juntamos, hehe, assim a gente consegue dormir bem, hehe.
    abração

    ResponderExcluir
  4. Ai,eu preciso falar disso..rs..O pior problema é dormir com os "one night standig dates ", pois eu não fico à vontade para demonstrar carinhos durante a noite, odeio que me abracem..rs...coisas de gente louca, gosto de espaço, ronco..rs...detesto barulho e quando acordo então..hummm..não sei o que faço com o infeliz..acima de tudo , para dormir junto, é preciso intimidade..E amor, claro, pois com ele a gente tolera qualquer comportamento estranho..rs.,.Bjs

    ResponderExcluir
  5. Anônimo5:27 PM

    Olá!
    Lei seu blog e gostaria de conversar com você. É possível?
    Gostaria, também, que você me escrevesse para trocarmos idéias.
    Abraços e
    bjs no coração.

    Ludovico96rp@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Sou umna centrífuga humana!!! :)

    ResponderExcluir
  7. sempre juntos, hoje nem lembrou coo era sem ele...

    e dão um beijinho....
    Se bem que o bafinho, pela manhã

    Compartilhando minha cama com um dentista, isso é realmente muuuuiiito dificil acontecer...
    haha...um abraço

    ResponderExcluir
  8. Charles7:44 AM

    É aquela coisa, né? "Dormir juntinho, quem não gosta?" O lance é: alguns até que têm com quem, outros nem isso. Lá vou eu me virar com o travesseiro mesmo Mas é como você falou, não existe coisa mais romântica, protecionista e todos os etc possíveis do que você dormir com seu amorzinho e acordar com aquela cara de feliz, com bafo, mas feliz. Ô saudade disso, sei não viu!

    ResponderExcluir
  9. Alan de S. M. Rotleer11:31 AM

    "E quando um homem se deita com outro homem,como que uma mulher, ambos cometeram algo detestável aos olhos de Deus.Com certeza morrerão e seu próprio sangue será sobre eles." (Levítico 20:13)

    " Não sabeis que os iniquos não herdarão o reino de Deus? Não sejais desencaminhados.
    Os fornicadores, idólatras, adúlteros, homens que se deitam com homens, ladrões,soberbos ,beberrões, blasfemadores, estes não herdarão o reino de Deus." (1 Coríntios 6:9-10)

    ResponderExcluir
  10. Alan de S. M. Rotleer11:38 AM

    Então amigos e amigas, até quando vão fechar os olhos para as ordens de Deus?! Cuidado, o fim dos tempos está chegando, convém obedecer ao nosso Pai Celestial.O salário do pecado é a morte.Deus nos oferece a vida eterna.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!