28 de abril de 2017

A água sempre acha um caminho!

Resultado de imagem para erosão
Em arquitetura, em construção, dizemos que "a água sempre acha um caminho"... explicando: em qualquer projeto que se faça, sempre,  você tem que se lembrar da Água! ... se não lembrar que a água tem que escorrer, tem que fluir, tem que ser usada, precisa de um caminho,  amiguinho vai ter problemas. Pode ser a água da chuva, a do esgoto, a do banho, a do manancial natural que tem no seu terreno...
A água parada vai pesar, vai solapar telhados, e se infiltrar nas estruturas! a água represada vai procurar uma fresta, um desnível para ir para um nível mais baixo, contaminar e minar as fundações, a aguá represada quer gerar vida, plantas crescerão de sementes que não se sabe de onde vieram e vão forçar as estruturas,  fungos são plantas, musgos, o bolor corrói as estruturas... as fontes viram rios e cavam seu caminho através do solo! A tal da erosão!

De certa forma a vida é como a água não acha? Nossa vida precisa fluir, precisa achar seu caminho, precisa gerar algo... o apelo é inerente... a água fluir pode ser a sua carreira, pode ser cuidar de quem você ama, pode ser cuidar com esmero e dedicação do seu corpo, estudar algo que te interesse muito, viajar aprender, pode ser cuidar da sua saude, pode ser cuidar de sua solidão, do seu casamento, não existe, na minha opinião, nenhum jeito "errado" ou "pouco produtivo" de fazer sua vida fluir.

Só que muitas vezes não sabemos, não conseguimos descobrir, entender, por que caminhos nossa vida deve fluir, ou porque não conseguimos cumprir os objetivos que julgamos importantes, sem entender porque não conseguimos, ou ás vezes até sabemos os interesses da nossa água mas achamos que eles são menos válidos, não são importantes... a nossa água vital acaba erodindo lugares que não estamos atentos e aquele belo telhado cai porque a água passou por ele e se acumulou nas fundações...

Eu passei por isso, no começo da minha vida pensava que minha água tinha que ser usada no sucesso profissional, carreira, ganhar dinheiro, fazer algo significativo para o mundo, mudar o sistema, criar... mudar, reverter, subverter... E isso me gerava uma grande apreensão, angustia, frustração. Tive épocas que virei dias muitas vezes emendando compromissos de trabalho, de estudo, de entidades e grupos a que estava filiado e que iriam mudar o mundo... descuidando (ou fugindo) de mim mesmo... até que minha avó, uma mulher única em minha vida e que este mês teria completado 99 anos... Sem que eu pedisse, sem que eu nada perguntasse, mas presenciando esse meu processo, me disse uma vez:
"Você tem que cuidar mais de você, se você não cuidar de você, você não vai conseguir cuidar dos outros, se você não tiver seus confortos pessoais, sua saúde financeira, seu coração, seus amigos..."

E quão feliz eu fui em prestar atenção ao que ela disse... foi um ponto de mutação em minha vida, e poucas vezes temos esses pontos de mutação sem muita dor, sem perdas, fui muito sortudo. Mudei de trabalho, desmanchei a sociedade que tinha, me afastei de atividades paralelas excessivas (mas nunca abandonadas de vez), até parei a segunda faculdade que fazia na época (porque eu achava que nunca podia parar de estudar)... fui viajar, mochilei por quase 4 meses - e eu que era uma pessoa que não fazia nada sem mil planejamentos, que levava na mala desde repelente para tubarões até unguento para picada de escorpião, viajei só três camisetas na mochila... numa época sem celulares, computadores portáteis...
Uma vida com menos que procuro levar - sem tantos sucessos como gostaria - até hoje...

Percebi que a minha água flui, fica feliz, com a comunhão, com o outro, deixei de ser "gay" e de certa forma me tornei um "homem homossexual", que além de desejos tinha sonhos. Me permiti me apaixonar, me envolver, vivenciei isso, cuidei mais da minha alma tentando buscar uma forma de comunhão - um Deus dos Homens - que me acolhesse - pena que só encontrei igrejas de homens - mas tb encontrei esse meu Deus interior. 
Mais tarde me tornei pai, e vi um outro caminho da minha água fluir, e seus desvios, e seus frutos e suas ondas e erosões... aprendi a valorizar minha água... e ela continuou fluindo... relacionamentos, conquistas pessoais, novas descobertas, casamento...

E você, já encontrou o caminho da sua água vital? Por onde ela flui?


10 comentários:

  1. Um dos mais belos posts que você já publicou meu caro. Uma catarse de sentimentos ...

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Bratz! Que bom que gostou! Eu gosto muito dessa analogia! E você? por onde flui sua água?

      Excluir
  2. Gostei muito, todos os dias faço mais um cms no meu rio da minha vida ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um rio fluindo, fluindo, isso é muito importante! abraços!

      Excluir
  3. Por onde a minha água vital fui? Bom, eu procuro me preparar pro futuro, deixando portas abertas em áreas profissionais diferentes.
    Não é novidade pra ninguém que, no Brasil, todas as áreas profissionais entram em crise de vez em quando. Então, se você tem uma única especialização numa única área, quando essa área entrar em crise (e ela vai no mínimo esbarrar com alguma crise em algum momento) você tá perdido! Se você mão tem outra área profissional em que você possa se segurar pelo menos por algum tempo, aí fufú.rsrs
    Então, os cuidados que eu tomo em relação ao futuro são esses. No mais, acho que não depende muito de mim, né? Além de me preparar pro trabalho, correr atrás do trabalho e me manter afastado de coisas que eu sei que vão me fazer mal, o resto tá fora do meu alcance.
    É por aí que a minha água flui.rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bom Leo, tem que estar mesmo preparado para os obstaculos que mudam o percurso... mas e na vida amorosa... por anda anda sua agua?

      Excluir
    2. Aí eu não tô procurando por amores românticos. Os amigos me bastam em termos de relacionamentos. Namoro, casamento e adjacências não tão nos meus planos. Pode até acontecer, mas não tá nos meus planos.

      Excluir
  4. desde muito pequeno sabia por onde a água iria correr na minha vida. Coloquei-me em cima de uma jangada e fui escolhendo os rios que me convinham. Acho que fui um sortudo sabendo quais os rios a percorrer.

    ResponderExcluir
  5. Minha água foi forçada a fluir.
    Sou pai, era casado e, muito bem casado, era feliz, mas sentia que outros aspectos da minha vida estavam sendo deixados de lado. O pior é que eu não sabia quais.
    Quando minha esposa se separou de mim, eu me vi perdido, sem chão. Minha água empoçou e criou lodo. Peguei o lodo e usei como adubo. Recriei minha vida. Criei uma carreira profissional, fiquei mais próximo da minha filha, voltei a me relacionar com homens e há 4 meses casei de novo com um homem 11 anos mais novo. Como estou aprendendo com ele!! Meu Deus. Assumi a homossexualidade publicamente e, para a minha surpresa, fui acolhido até pela ex-mulher, que hoje, me disse que sou muito seu amigo.
    A água tá fluindo, passando por alguns obstáculos, precisando ser tratada em algum momento, mas está fluindo. Tomara que continue escorrendo para caminhos que me causem boas surpresas.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!