2 de novembro de 2006

Como escapar do namorado gay!

Hoje á noite assisti um episódio de uma nova série que descobri no SBT , AS CORRETORAS, (quer dizer, nova para mim que nunca tinha visto). O programa faz uma linha "sex and the city" , com 3 amigas que são donas de uma corretora de imóveis. As personagens principais são: A "loira bonita e bem sucedida profissionalmente casada com um homem 20 anos mais novo", a "gordinha fogosa que só pensa em sexo e homem", e, é claro, a "latina gostosona meio abobalhada" (como convém aos macaquitos nos filmes americanos, desde que não sejam traficantes naturalmente...)
No episódio que assisti uma das tramas paralelas era o fato que a "latina gostosona" havia sido casada com um cara que ela descobriu gay e estava meio traumatizada por nunca ter percebido nada, e as outras, a cada novo namorado que ela arranjava elas mostravam os motivos pelo qual ele deveria ser gay.
O principal fator denunciante era o homem elogiar os sapatos das mulheres!
Mesmo sendo engraçado reduzir os homossexuais em pessoas "chiques e fashionistas" me pareceu uma maneira bem pobre de fazer humor...nãomuito distante do que se tem visto na nossa TV.
No final a gostosona latina, fingindo-se passar por um gay (Rudolph) acaba encontrando o ex marido num site de encontros gays...e ai desfilam outras dezenas de estereótipos...
Ás vezes me pergunto porque ainda tenho esperança de encontrar vida inteligente nos enlatados...

3 comentários:

  1. Muito bom o conteúdo do blog... de bastante interesse para nós gays.
    Parabéns...
    Espero que um dia cheguei a tal posts...

    ResponderExcluir
  2. Na verdade, todo e qualquer humorista que não seja muito bom e esteja tentando arrancar risadas de alguma platéria faz alguma menção a homossexuais... e a tendência é que seja sempre de forma negativa... uma pena.

    ResponderExcluir
  3. Soraia Rodrigues2:19 PM

    Sabe qual é o problema?
    É mais fácil zombar e estereotipar do que reconhecer a própria incapacidade de produzir algo útil.
    Nós, as pessoas "diferentes" temos que nos esforçar a cada dia para sermos melhores, com isso acabamos conquistando muito mais do que os ditos "normais" e isto os incomoda.
    Enquanto nem 5% da população hetero tem nível superior completo mais de 68% dos homossexuais tem pelo menos uma Faculdade e cerca de 43% já está na segunda graduação ou numa pós graduação.
    Isto tem comparação???

    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!