20 de novembro de 2006

Quem é quem no mundo dos quadrinhos

Uma das coisas que mais distanciam crianças e adultos é, sem dúvida, os interesses frente a "telinha". Para muitos adultos é um verdadeiro martírio passar 1 hora vendo assistindo "padrinhos mágicos", Xuxa, ou Power Rangers...
E nem vou sugerir que o adulto divida seu interesse pelas novelas (cheias de profundos conceitos morais e éticos) ou pelos telejornais ( sempre sangrentos e deprimentes).
E este é, para muitas famílias, um momento de convivio no fim de noite, em que podem conversar, fazer cafuné...então, se você tem filhos - ou pretende ter- faça um esforço para gostar deste mundo, você vai poder avaliar melhor o que é bom e o que é ruim para seus filhos , e até entender melhor o que pensam, poder participar das brincadeiras e inventar mil estórias com os personagens que eles gostam.
E como tempo, vai ter seus favoritos, e vai ver muita coisa para poder comentar com seus filhos, pois a maioria destes desenhos tem boas intenções e finais cehios de ética. ( e não estou falando da chatice de lições de moral)
Eu nunca tive muito problema com isto, o mundo dos quadrinhos e dos desenhos animados sempre me interessou, e desenhos atuais, como Pucka ( emque uma japonesinha apaixonada corre o tempo todo atrás de seu amorzinho para roubar um beijinho) , me agradam tanto quanto a Pantera Cor-de-rosa, que como a Pucka, também não fala!
Neste sentido é muito legal ver empresas ditas "sérias" também brincarem com este mundo, a revista FORBES publicou esta semana um ranking dos "15 personagens ficcionais mais ricos do mundo", numa lista que inclui Willy Wonka, Riquinho e Bruce Wayne, com perfis que avaliam suas fortunas e sua posição no ranking. Um dos "novos membros" da lista é o Mário Bross, que amealhou 1 bilhão de dólares, segundo a Forbes, catando moedinhas durante os últimos 23 anos (quem já jogou sabe disto!)
Já o Papai Noel, apesar de produzir mais de 700 milhões de brinquedos por ano, o que lhe concederia uma fortuna de mais de 14 bilhões de dólares, foi tirado da lista pelas denuncias de trabalho escravo, com duendes trabalhando mais de 14 horas por dia em péssimas condições, e por conta das denúncias por haver sufocado a formação de um sindicato.
Acesse o site da FORBES, apesar do site ser em Inglês, a diversão é garantida.

E você qual seu personagem favorito?

5 comentários:

  1. Bom, nesse ponto eu e a Paula vamos nos dar mto bem com nossos filhos, somos doidas com desenhos animados e programas infantis!
    Confesso que quando ligo a Tv, passo horas vendo desenhos... e sou apaixonada pelos clássicos da Disney.
    Bom, minhas personagens prediletas acho que são as meninas super poderosas! Uhh, adoro!!!
    BEIJOS!!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo6:44 PM

    parabens para todos voces!
    Sou psicologo e estou fazendo uma pesquisa sobre homossexuais que sao pais?mae e tem filhos naturaais ou adotados. precisaria passar umquestionario para ser respondido.Quaem quiser ajudar entre em contato.
    carlos boechat
    machado_638@hotmail.com.br

    ResponderExcluir
  3. Interessante pensar que conforme crescemos não só aparentemente os nossos gostos devem mudar como aquilo que é importante de ser visto também. Ter uma criança, acho que ajuda a nós mesmos a manter essa outra criança acesa, aquela que reside em nós, quando nos permitimos viver mais próximo a elas. Não diria apenas interessante a forma como vc lida, mas ao mesmo tempo sadia e exemplo a muitos pais e mães ditos heteros, por consequinte, vistos a si mesmos como "normais". Cada vez mais percebo que a "anormalidade" é mais produtiva para o mundo.

    Quanto ao meu personagem favorito? Ai meu deus, Mario tem tudo isso de dinheiro? Eu ainda não vi o site da Forbes, mas assim que terminar aqui de escrever farei. Não sei, não agora qual seria o meu personagem favorito. Se fosse pensar, algum que não fosse vilão, mas sim herói, pensaria no Peter Pan. Não é demagogia não, porém é um personagem que sempre me inspirou e continua me inspirando. "Batam palmas para que a sininha não morra". Na crença de um mundo melhor há por si só um pouco de arte.

    E vc, qual é os eu personagem preferido?

    ResponderExcluir
  4. Sempre gostei da Lisa dos Simpsons, por ser tão politicamente correta, inteligente e preocupada com a natureza.
    O seu post anterior saiu repetido, duas vezes no blog. Obrigado pelo link do Grupo de Pais de Homossexuais, eu não conhecia. Se algum dia eu contar pros meus pais, talvez eu precise desse link. Os pais do meu namorado sabem que ele é gay. A mãe aceita numa boa, já o pai dele não... A mãe dele gosta de mim!!! É estranho os pais dele saberem de mim mas meus pais não saberem de nada, mas acho que é muito cedo. Há um tempo para tudo, e esse tempo não chegou ainda.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Hahahaha..diverti-me muito com os personagens infantis milionários, mas com certeza os criadores devem estar mais ricos que eles.rs..Nada contra , pois com respeito às crianças e programas educativos podem lucrar sempre..bjs

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!