3 de setembro de 2007

construindo relacionamentos...

Ontem fiquei sabendo que uma pessoa, que admiro muito e que é muito legal, muito inteligente, um verdadeiro intelectual, está começando um relacionamento. Aliás, ele é tão legal que eu e meu "namorido" sempre torcemos para que ele arranjasse um namorado legal.
Sei que eles terão dificuldades, 20 anos de diferença de idade, hábitos, rotinas e manias bem diferentes...de um lado um expansivo, do outro uma pessoa que está mais acostumada a ficar sozinha...
Mas, afinal de contas, como se constroi um relacionamento?
Acho que um dos principais problemas quando começamos a nos relacionar com alguém é o que trazemos para o relacionamento: nossos ex, nossos sonhos, nossos desejos, nossas decepções anteriores, nossos mêdos, manias, nossa maneira de encarar o futuro e o presente... e muitas outras coisas...
Ou seja, um relacionamento não começa só com dois, começa com dois e mais uns fantasmas, caixas, sacos de esquletos, gato, papagaio, sapatos e tudo o mais...
E aí é que pinta o problema. Deviamos começar um relacionamento só com duas pessoas, uma acreditando na outra, uma dando espaço para a outra, cosntruindo coisas novas e não procurando uma coisa nova para substituir ou preencher uma antiga lacuna. Dar a chance de algo acontecer, ao inves de tentar fazer algo caber no formato que delimitamos, é a melhor chance de algo dar certo.
Não vou dizer que sou especialista, não vou dizer que nunca fiz minhas besteiras num relacionamento, não vou dizer que não fui desnecessariamete chato ou exigente, não vou dizer que nunca tentei domar e formatar a essência do outro. Demorei muito tempo para aprender o suficiente para poder estar com quem amo, e fazer este relacionamento ficar cada vez melhor.
E você? Como faz para seu relacionamento dar certo?

5 comentários:

  1. ADOREI O SEU POST
    principalente essa parte " Dar a chance de algo acontecer, ao inves de tentar fazer algo caber no formato que delimitamos"

    realmente construir um novo relacionamento é complicado ainda mais quando o ultimo nao te da boas lembranças...
    a respeito do meu relacionamento, nao sei se faço algo pra ele dar certo .. acho q desta vez estou agindo da forma mais natural possivel, pois quanto mais procuramos a perfeiçao chegamos mais perto do precipicio da solidao involuntaria

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Ola, gostei do seu texto, e concordo com o qy, esta frase realmente diz tudo, e nem vou falar mais nada, pois eu sou um dos que quer moldar o relacionamento ao que seja minha visão de ideal..heheheheh abçs

    ResponderExcluir
  3. O problema é que ultimamente não há um ponto de equilibrio nos "dois" que querem se relacionar. Um talvez seja alvo de interesses , outro talvez tenha que assumir o papel de gestor e financiador e isso sempre trás desconfiança e descórdia. Claro que as diferenças devem ser superadas quando se gosta , mas o difícil é saber enxergar a de distância entre as duas pontas...Bjs

    ResponderExcluir
  4. Thaise5:46 AM

    Cada escolha, uma renúncia.

    Para fazer durar um relacionamento, é preciso estar sempre rennciando, sempre fazendo a opção por quem vocÊ ama.É isso e não é fácil!

    ResponderExcluir
  5. navegando pelos blogs da vida, cheguei aqui...

    e por incrivel que pareça, vivendo algo muito parecido... e tentando para que tudo de certo. com algumas inseguranças com relação ao outro. mas querendo acreditar, que esse sim, vai dar certo!!!

    enfim, gostei daqui, voltarei sempre.
    =)

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!