23 de outubro de 2013

assumindo os riscos! ENCONTRO 5/6

Continuando de ENCONTRO 4/6

Depois da conversa com o Thiago, e de mais uns dois encontros com o Mr. J eu estava numa certa encruzilhada. Explico:
Eu prefiro acreditar que eu não sei fazer as coisas pela metade, ou eu gosto e vou em frente, ou eu não gosto e não alimento. Ou seja, a partir deste ponto de nosso conhecimento, e da abertura dele me dizendo o que estava sentindo, ou eu ia em frente e acreditava 100% naquelas possibilidades todas que eu antevia (de um namoro super legal e um relacionamento a ser construído), ou eu botava o pé no freio definitivamente e não me arriscava! Mas eu me conheço, e este cartoon expressa bem como me sinto!

Prefiro, definitivamente, me arriscar nestes assuntos do coração!
Mas ao mesmo tempo eu conheço aquela frase "quem não ama não sofre, quem não sofre não ama" pois eu mesmo tinha vivenciado esta experiência.
Ai eu me permiti arriscar! Apostar! Entreguei uma parte para os Deuses e fiz um trato interno, de não me preocupar tanto e de curtir a viagem para Paraty que faríamos no fim de semana seguinte! Eu acreditava que seria uma viagem ótima, especialmente porque eu tenho este lado "guia turístico" que adora apresentar coisas novas as pessoas que ama, e ele parecia verdadeiramente entusiasmado com a viagem!

E você, se estivesse neste ponto da trajetória, com eu, para onde iria?



10 comentários:

  1. definitivamente: "Prefiro, definitivamente, me arriscar nestes assuntos do coração!"

    ResponderExcluir
  2. para cada bom sinal....uma boa resposta deve ser emitida! Curtindo aos montes esse seu retorno do amor!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Bem, no SEU caso, eu me arriscaria... Mas como eu ja tenho uma trajetória nao muito boa, EU deixaria ali cozinhando em banho maria pra ver o que mais poderia vir.

    Grande abraco,
    Du Paiva.

    ResponderExcluir
  4. Melhor fazer e saber como foi do que nao fazer e so ficar imaginando depois como teria sido...

    ResponderExcluir
  5. ótimo acompanhar suas aventuras nesse início de namoro... sou igual a você nesse sentido... ou mergulho de cabeça e acredito que pode dar certo ou corto o "mal" pela raiz pra não deixar a coisa ficar maior e mais difícil lá na frente... desejo do fundo do coração muitas felicidades a vcs!

    ps.: tem como acompanhar seu blog pelo face? estou matando meu perfil no google e assim fica mais difícil comentar seus posts...

    ResponderExcluir
  6. Meu caro... entregando - seja para os Deuses ou para um horda de capetinhas - o meu lance é sempre arriscar e pagar pra ver!
    E tipo assim: se tá na "encruzilhada" come logo as pipocas, toma a cachaça e chama a galinha preta de "meu bem"... hehe!
    Gracias pelo comment sobre a Gincana... valeu mesmooooooo! Hugzão!

    ResponderExcluir
  7. Arriscar é algo que acredito particularmente que devemos fazer! Ficar parado não leva a nada! Já arrisquei diversas vezes e fui mal sucedido, mas arriscaria outras mil vezes se preciso fosse...e, é preciso sim! Relacionamento é bom? Sim, é...sofre? sim...mas tem coisas boas tb, tudo faz parte de uma "construção" e a base de tudo é que a levanta de forma correta! Foi inclusive isto que dei a entender em meu último post e no qual vc comentou de forma brilhante!Grande abraço!

    ResponderExcluir
  8. Início de namoro é uma das melhores coisas dessa vida. Tudo que eu posso recomendar é que vocês curtam cada momento como se não houvesse amanhã.

    ResponderExcluir
  9. Só correndo riscos para saber como será.
    O maior fracasso é de não tentar, vai fundo.

    ResponderExcluir
  10. Sempre mergulho nas coisas mesmo que a piscina esteja vazia vez ou outra..faz parte da vida, o erro e o gozo final...rs

    Abraços querido.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!