22 de fevereiro de 2006

Homos podem ser pais ou mães?

Acabo de ler uma noticia que fala que a Igreja Católica Romana irá promover um "seminário" no Vaticano com a finalidade de montar estratégias para combater o "avanço" dos direitos homossexuais, especialmente em função das eleições Italianas em abril.
E um destes direitos que a Igreja quer combater é a possibilidade dos homossexuais terem filhos. Por adoção ou biológicos.
E a Igreja não é a unica organização, ou grupo de pessoas, a ter a mesma opinião, mesmo entre grande parcela da comunidade GLTTB pairam dúvidas se a paternidade e a maternidade homossexuais são aceitáveis.
Quais são os argumentos?
Princpalmente que o "modo de vida" homossexual não é um ambiente adequado para se educar uma criança, que as atitudes deste pais ou mães, com orientação afetiva voltada para o mesmo sexo, podem influenciar negativamente e até mesmo induzir algum tipo de comportamento ás crianças.
Fico imaginando o que seria este "estilo de vida" homossexual...que as pessoas tanto imaginam...
É claro que, como o que nos define como "diferentes" é a nossa orientação homoafetiva, as pessoas devem imaginar que "transar" está no topo de nossa lista de prioridades e que um casal homossexual provavelmente esqueceria as mamadas dos bebes, pois estaria "fornicando" em algum canto..ou esqueceria de levar os maiorzinhos para a escola no dia seguinte a uma bela noitada em alguma boate...ou que talvez algum pai "barbie" misturasse suplemento alimentar ao invés de sucrilhos no café matinal de sua prole..
Fala sério...acho que nem os que argumentam sobre este tal "estilo de vida" acreditam nisto!
Na realidade, o melhor argumento para isto, é perceber que maioria esmagadora dos homossexuais foi criada por heterossexuais, que aparentemente não os influenciaram..
Acho que o grande medo da Igreja é que, se mais e mais familias homossexuais forem oficializadas e tenham seus filhos, menos invisíveis elas serão, e ficará claro que a homossexualidade, como outras caracteristicas humanas, é apenas isto, apenas mais uma caracterísitca humana.
Sei que ainda teremos, como sociedade, muito que aprender, muito que entender, mas talvez a chave para tudo isto, para compreender estas relações, seja o AMOR.
O AMOR que uma mulher, duas mulheres, um homem, dois homens, podem ter por seus filhos, um AMOR que não pergunta se ele está certo ou errado, AMOR e pronto!
E você, o que pensa sobre homossexuais criarem filhos?

4 comentários:

  1. nossa...post maravilhoso.
    se comentários sobre esse assunto.

    ResponderExcluir
  2. Oi Fabio.... de vez enquando dou uma passadinha por aqui, gosto do seu blog, :), e também da sua participação da lista falt, é pena que eu ando sempre correndo mas acompanho vcs com carinho!
    Me avise qnd vcs decidirem realizar o encontro da falt que dependendo do dia eu gostaria de participar com minha noiva.
    No mais, deixo []"s fraternais pra ti.
    Até qlqr momento.
    Presb. Ká

    ResponderExcluir
  3. Ola, sempre leio seus posts, mas esse aqui está otimo e gostaria de parabeniza-lo mais uma vez pela lucidez e inteligencia com que aborda esse assunto tao espinhoso para todos: pai/mae homossexual afetando a orientaçao sexual de filhos. O que é óbvio para alguns, infelizmente parece falácia pra outros. abraço
    angelo

    ResponderExcluir
  4. Ká, Maira e Angelo, que bomque gostaram do post, tem assuntos que me incomodam bastante, o unico jeito de "por para fora" é falar sobre eles!
    abs e beijos!
    fabio

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!