1 de julho de 2015

Fato Relevante ao Mercado

No mercado de ações existe o que se chama de "fato relevante ao mercado". Explicando: As empresas que tem ações  em bolsa são obrigadas a divulgar oficialmente quando estão planejando investimentos, mudanças de perfil, cortes, absorções e compras... As empresas tem que divulgar estas noticias para que os investidores no mercado de ações possam tomar suas decisões. Isto é lei e serve para combater o fluxo de "informações privilegiadas", o que já construiu algumas fortunas e levou alguns para a cadeia.
Resultado de imagem para great news
Aqui em casa estamos num momento de decidir se divulgamos, ou não, alguns "fatos relevantes ao mercado", mas por um motivo triste:

Eu tenho uma empregada doméstica que trabalha comigo há 19 anos... temos uma historia de vida juntos, ela viu minha filha crescer, eu vi suas filhas crescerem, suas netas nascerem. Mas infelizmente, duas semanas atrás, o ônibus que ela estava se acidentou, ela caiu no chão, várias pessoas caíram por cima dela, ela desmaiou... acordou no hospital... Resumindo, ela teve um trauma na coluna, foi afastada por 60 dias pelo médico e provavelmente, segundo ele, terá que passar por uma cirurgia - esta semana estive com ela e ela chorava de dor cada vez que meu carro passava num mínimo buraco, eu fiquei condoído pois ela, há muito tempo, não é apenas minha "empregada", apesar de eu nunca usar os eufemismos de "ajudante" e "secretária"... por sorte o marido dela tem um bom convênio.

Em função do quadro clínico dela, eu antevi que, se voltar a trabalhar, vai demorar muito tempo, pois ela tem 55 anos, tem um perfil poli queixoso e eu sei que coluna não se "conserta" facilmente... então a decisão foi contratar uma nova empregada... 
Foi ai que o Mr. Jay colocou uma questão - "Como você vai falar para a empregada nova que você é gay?" ...OOPS! Eu não tinha pensado nisto!  Veja que ele não perguntou SE eu ia contar, mas apenas COMO, porque ela não saber não é uma alternativa possível!

A minha empregada foi acompanhando minha vida, tecnicamente eu nunca "contei" para ela... ela viu os namorados que apareceram na minha vida nestes anos - nem todos rsrsrsrs - mas ela via eles dormindo na minha cama, ela via eu sentado no sofá com eles vendo tv, eu me preocupando em fazer comidas que eles gostavam,  e até mesmo acompanhou o meu "casamento" e o fim dele... O Mr. Jay tinha ascendência sobre ela, ela cuidava das roupas de trabalho dele, e eu até chamava ele de "patrãozinho" quando me referia a ele na frente dela. Mas, de verdade, eu nunca disse que era gay... Lá vou eu sair do armário de novo! E eu falei disso há tão poucos dias!

Eu então resolvi adotar a estratégia "gato subiu no telhado" e informar de maneira homeopática... por vários motivos:
Primeiro porque eu não sou SOMENTE gay, eu TAMBÉM sou gay... eu sou homem, eu sou empresario, sou gordinho, sou pai, sou simpático, sou atencioso, sou uma boa pessoa E sou gay! É nisto que eu credito, é isto que defendo sempre quando falo para as pessoas saírem do armário.
Segundo porque eu imaginei que esta futura empregada talvez nunca tivesse tido contato direto com um homossexual, ou talvez só conhecesse aqueles da novela, como o CRÔ ou o FELIX e, se uma das primeiras informações que ela tivesse sobre mim fosse o fato de eu ser homossexual, poderíamos perder a chance de mostrar para ela que existem outros tipos de gays.
Terceiro porque eu levei em conta a questão religiosa, dependendo da cultura dela, do meio em que vive, a questão da homofobia poderia estar mais presente, e de novo, eu perderia a chance de "mudar um pouquinho a visão dela de mundo" se ela tivesse a chance de imergir em outra realidade...
Pensando nisto pus a minha estratégia em prática...

E você? Acha melhor contar na lata? Ou deixaria ela descobrir aos poucos?



20 comentários:

  1. Como sou um mix de cro e felix ja falaria na lata, na hr da entrevista mesmo: viu sou gay e tenho meu marido, algum problema em trab aqui em casa? kkkkk é rápido e pra´tico.
    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabricio... não acho que vc esta errado! cada um tem seu metodo! Mas como disse, eu não sou só GAY, eu TAMBEM sou gay! Alem disso minha casa esta ficando de pernas para o ar, preciso de uma empregada urgente! rsrsr

      Excluir
    2. Tb não sou só gay e nem saio por ai fazendo grandes anúncios kkkk. Quando não vejo motivos fico no meu canto, antes de tudo sou ser um humano como qqer outro, gay é um detalhe do dna.

      Pensei apenas no sentido de poupar futuros desentendimentos, ter que demitir ou algo nesse sentido, incluindo alguns gastos trabalhistas.

      Excluir
  2. Nunca acreditei em discursos " na lata " ! Apresente-se para a nova empregada com todas as qualificações e características que você apontou no post! Dentre elas mencione que você é gay e se isso é fonte de incômodo para ela! Dê a chance dela perceber que "ser gay" para você é tão natural quanto ela ter de engomar suas camisas! Tenho certeza que as empregadas estão muito mais interessadas em ter um patrão e um patrãozinho que a acolham como ser humano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita! acertou em cheio! Eu tb acho que as pessoas estão muito mais interessadas no tratamento que recebem do que em outras coisas! Abraços amigo!

      Excluir
  3. Filipe T. Rodrigues6:58 AM

    Boas, não precisa falar que vc é gay diretamente, basta apresentar o seu marido como seu marido e a emprega deduz logo, por vezes não precisamos falar diretamente, porque nem todas as pessoas estão recetivas ao que se chama " eu sou um cara direto e falo tudo na cara" temos tb que ter um pouco de pudor na forma como falamos. Eu acho! Eu no seu caso apresentaria a "minha filha e o meu marido " casal feliz, que precisa de uma empregada. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é bem esta a questão Filipe! mostra que sou também gay e muito mais! mas quanto ao marido... ele ainda é namorado.... rsrsr.. nao vamos apressar as coisas! rsrsr

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Bem, não tens de dizer "eu sou gay" logo no primeiro contacto. És gay sim, mas como dizes e bem, és pai, empresário, enfim, tens uma vida e o seres homossexual é apenas um pormenor, dado que a homossexualidade é normal, am I right? O que eu aconselho? Simples, deixa-a descobrir. Até podes apresentar mesmo o teu marido como tal e ela pense o que quiser. Agora, não toleres atitudes homofóbicas, porque isso sim, é um problema. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estou fazendo isto mesmo samantha! hoje ela via se deparar pela primeira vez com ele dormindo junto comigo... vamos ver o que vai rolar...

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Com certeza q é assim mesmo com vc colocou ... a convivência é q vai mostrando cada detalhe de nós mesmos ... o q conta é não esconder ... agora, eu para ter uma outra pessoa em minha vida nos dias de hoje, tipo uma secretária], quero saber do currículo dela ... EVANGÉLICA? Descartada ... sem paciência para tentar mostrar a estas pessoa o mundo em q estamos ... Definitivamente sem paciência ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bratzlicious! Não seja tão sem paciência, o fato da pessoa ser evangélica não quer dizer automaticamente que ela é homofóbica! sério mesmo! dá uma chance!

      Excluir
    2. Concordo contigo, HHeP - tenho tido boas surpresas com evangélicos (vide Anticast no B9.com.br).

      Mas... e aí? Qual foi a reação quando viu os dois dormindo juntos? :-)

      Excluir
    3. Edu boa indicação do B9... legal mesmo! então ela ainda não viu... ele so estava em casa no fds e ela não estava... rsrsr

      Excluir
  6. Eu sou leão de signo, e não é a primeira coisa que eu digo. Assim, como tb não digo que sou gay. Sou o Francisco ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa FRANCISCO! Mas, se eu disser que sou sagitariano (o melhor signo do zodiaco) eu tenho mais chances! ela vai se encantar de trabalhar com alguem que já nasceu legal!... e humilde! rsrsrsr

      Excluir
  7. Anônimo1:59 PM

    Eu não falaria nada... Apresente a ela o que vc é... o pai, o simpático, o atencioso, o empresário gordinho e ponto! quando ela gostar do ser humano, a opção sexual será o de menos. Boa sorte!

    ResponderExcluir
  8. Cada um tem uma forma de agir, mas tem certas coisas que não acho necessário falar, até porque é uma particularidade sua.
    No dia a dia ela foi notando, foi vendo coisas óbvias, o resto vai da interpretação dela.
    Mas alguns gostam e não vejam problemas em falar sobre isto, jogam abertamente.
    Enfim, independente da ação e de como lidar, com isto, o importante é ser feliz.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui as coisas são tão naturais que eu achei melhor falar, para ela nao ter a impressao que estamos escondendo algo...

      Excluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!