14 de maio de 2006

O dia das Mães nunca mais será o mesmo!

(noticia publicada no UOLonline)

Finalmente tudo veio a tona! Esta semana, nas margens do Rio Eufrates, no Egito, foram encontrados vasos de barro lacrados, datados como sendo do século XII A.C., que confirmaram a existência da “Escola de Mães” desde esta época!
Quando as primeiras notícias da descoberta no Egito foram divulgadas a surpresa completou-se pois Bárbara Hoskilde, de Nova York, veio a público e apresentou-se como porta-voz da entidade!
“Durante mais de 40 séculos conseguimos manter a MOMS Aliance (sigla que em português significa algo como “Mãeszinhas Organizadas e Motivadas pelos Filhinhos”) em sigilo, pois sempre, de uma forma ou de outra, convencíamos carinhosamente nossos filhos a mudar de assunto quando alguma indiscrição ou falha de nossas associadas vinha a público, mas agora, com o advento da Internet, a divulgação da notícia foi muito rápida. Então nossa diretoria, que tem sede na Alemanha, resolveu esclarecer tudo e mudar sua maneira de agir!", declarou Esther.
“Criamos até a figura da “mãe judia” para tentar desviar as atenções desde o início, também lançamos centenas de piadas sobre o assunto, mas sabíamos que, com mais de 2 bilhões de membros em todo o mundo, estava cada vez mais difícil nos mantermos em segredo” - completou a porta voz da entidade.

As primeiras notícias da existência da organização surgiram no início do século XX com a divulgação dos “rose-papers” descobertos no porão da casa da senhora Françoise Lalique em Toulouse, França. Os “papeis-rosa”, como ficaram conhecidos, foram encontrados por uma empresa de demolição sob o assoalho da casa desta senhora, que teve morte súbita em março de 1929.
A principio pensou-se tratar de uma obra de ficção, mas depois de algumas comparações empíricas os estudiosos perceberam grande verossimilhança entre as indicações dos papeis e os métodos aplicados por suas progenitoras.
Os papeis falavam de lições básicas como “Que Mãe de amigo seu faz o que eu faço por você?” e “Coma isto que faz bem!”, passando por aulas de “Leva um agasalho que pode esfriar!” e “Quando casar sara”. E até textos proféticos que falavam coisas como “Quando você tiver filhos vai saber do que eu estou falando!” , na época as investigações estavam avançadas, porém, com o advento da II Grande Guerra, acabaram sendo suspensas e esquecidas.
Na realidade, os filhos sempre souberam, instintivamente, da existência da organização, pois percebiam, mesmo em suas amigas de longa data, as modificações profundas de caráter e prioridades quando passavam a ser mães!
“Até mesmo em um amigo, que é homossexual e se tornou pai, eu percebi estas modificações, não entendia direito o que tinha acontecido, mas agora estou certo que ele foi co-optado pela MOMS” – declarou um importante militante do movimento GLTTB.
A existência desta sofisticada e ultra-secreta organização, mantida em sigilo durante tantos séculos, pode ser a fonte de todas as outras teorias conspiratórias levantadas nas últimas décadas, desde as presumidas fraudes da chegada do homem á lua, até mesmo a colonização do planeta por alienígenas, até mesmo a teoria da MATRIX não parece tão absurda agora...

Coincidência ou não, o fato acontece justamente na data em que mundialmente se comemora o dia das Mães!
Aliás, o dia das Mães nunca mais será o mesmo depois destas notícias!

11 comentários:

  1. Oi.
    Acabei de encontrar o seu blog, enquanto navegava pela rede.
    Do pouco que eu li (sou recém-chegado, né?), me deu a impressão de que você parece querer se encontrar entre a questão do gay e a questão do pai, não é isso?
    É meio polêmica a questão, pois o homossexual com filhos não se enquadra 100% no meio hétero nem 100% no meio gay, né?
    Tenho que concordar que é um assunto sobre o qual dá pra falar muito. Se sendo gay e sem filhos já dá pra falar muito... Eu que sou gay e sem filhos posso dizer isso.
    Bom, não vou escrever mais, se não o comentário vai ficar enorme.
    Quando quiser, passa lá no nosso blog (meu e do Frank), o Gringo-lindo. Ele não fala exatamente do mesmo assunto que o seu, mas sim dos ídolos gays. Mas acho que todos temos algo em comum a discutir, né?
    Um abração.

    ResponderExcluir
  2. ceus... que conspiração!!!
    =)

    ResponderExcluir
  3. Realmente tem notícia que marca né?

    Mas mesmo assim Um beijo pra mamãe aí tá?

    Saudades de vc no meu BLOG..

    Beijo

    Ti

    ResponderExcluir
  4. Msm com tdo acima Feliz dias das mães!
    eu ja nao nasci com instintos muito maternais =/

    ResponderExcluir
  5. Será que elas são contra ou a favor aquela história de que 'toda mãe sabe'????

    ResponderExcluir
  6. Hahuahua adorei...
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. a teoria de que "mãe é sempre a primeira a saber e a última a acreditar" está seriamente comprometida!!!!!

    Hahuahua.
    ()'s

    ResponderExcluir
  8. Hauhauhauhauahuahuahua!
    Meu fofo, que texto hilário!
    Mas não é à toa que existe o ditado, "Mãe é tudo igual, só muda o endereço"!
    Hauahuahuaha! Me diverti muito!

    E que texto maravilhoso sobre as mães de homossexuais!! Fiquei arrepiado de ler.. sabe, minha mãe, apesar de saber, não aceita...
    Ela sabe desde a época que eu era casado, falado por minha própria espesa, por motivos que foram pertinentes na época... Mas mesmo assim, ela não aceita... isso me magoou um pouco no início... mas hj em dia eu entendo... e acho que a única coisa que eu posso fazer, como filho, é amá-la e respeitar a sua incapacidade de me entender...
    Afinal, eu a amo!!!

    BEijão!!!

    ResponderExcluir
  9. Anônimo5:36 PM

    I'm impressed with your site, very nice graphics!
    »

    ResponderExcluir
  10. Anônimo5:37 PM

    Great site lots of usefull infomation here.
    »

    ResponderExcluir
  11. Anônimo5:38 PM

    Hey what a great site keep up the work its excellent.
    »

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!