11 de junho de 2006

Dia dos "sem namorados"...

12 de junho, dia dos namorados, mas, como todas estas "datas comemorativas", a data também cria sentimentos conflitantes nos que não podem participar da festa integralmente. Do mesmo jeito que é dia dos namorados, também é dia dos SEM NAMORADOS.
Um amigo de meu namorado, heterossexual por sinal, nos perguntou agora á tarde, o que iríamos fazer no dia dos namorados, que tipo de comemoração faríamos. EPeloque sei ele não está namorando, e á princípio achei que seria um pouco de grosseria fazer algum comentário, mas por outro lado ele parecia querer falar do assunto, entao emendei:
- E você G. ?
E ai ví que ele queria mesmo conversar sobre o assunto:
- Cara, você nem sabe, amanhã eu vou ser o cara mais sozinho do mundo. Já arranjei trabalho para me ocupar até umas 10 da noite!
Continuei ouvindo.
- Você nem sabe, tá cada vez mais dificil, ninguem quer nada sério, eu até estava tentando me aproximar de uma garota do doutorado, estava conversando, cheguei até a mandar flores, mas ela nem me respondeu nada, está até me evitando. ( e ele nem é feio hein!)
Eu fiquei bem triste, pois ele é um cara muito legal, bem resolvido profissionalmente, com otimo papo e podia estar feliez e fazendo alguma garota feliz.
Na realidade eu também me lembrei, enquanto conversava com ele, que tenho muitos amigos e amigas que estarão sozinhos nesta segunda, e a grande maioria não é por "opção" não! Alguns já tentaram muitas vezes e quebraram a cara, outros estão procurando a pessoa certa e só encontram desilusões com as pessoas erradas...
Sei que é muito dificil encontrar alguém, especialmente porque depois de um tempo a gente cansa de procurar e "resolve ficar sozinho", mesmo resolvendo isto por falta de opção. Somos mais de 6 bilhões de pessoas, parece muito dificil encontrar a "sua" pessoa.
Até acredito que muitos, por diversos motivos, nem querem um relacionamento sério, mas, a meu ver, a verdade é que a maioria almeja isto, um relacionamento longo, que constroi coisas, que faz planos, que conta uma historia, um relacionamento para "sempre". Mas isto é muito dificil, exige entrega, paciência, flexibilidade e principalmente amor, que para muitos ainda é uma coisa muito maior do que jamais sentiram..
É isto mesmo, tem muita gente que já amou, ou que ama, mas que acha que o amor é alguma coisa diferente, ou maior, do que isto que sente. E ai ela não se entrega, continua buscando, ou continua achando que falta algo. Ela não vivencia aquela amora ques ente porque acha que em breve vai encotrar outro amor, ou mais completo, ou mais feliz, ou mais pleno.
Tipo, a maça do vizinho sempre pode ser melhor...
E você? Já amou? O que é o amor para você?

5 comentários:

  1. O que é o amor? Que pergunta difícil, cara!!!
    Eu nem gosto muito de usar essa palavra. Prefiro chamar esse sentimento de AFETIVIDADE.
    AMOR, geralmente, é uma palavra meio mal interpretada quando você usa com qualquer pessoa. E nem é maldade da pessoa, não. É que essa palavra tem mesmo várias interpretações possíveis.
    Se você diz pra alguém "Eu te amo", a pessoa pode entender umas 5 ou 6 coisas a partir daí (no mínimo).
    Talvez quando você diz que tem uma afetividade pela pessoa ela entenda de uma forma mais leve e mais direta, sem viajar nem delirar.
    Acho que o amor é importante, sim. E por mais que variem as definições de felicidade que as pessoas usam, eu percebo que tem quatro elementos que são sempre almejados: SAÚDE, AMIZADE, DINHEIRO e AMOR.
    Em qual ordem? Bom, aí, cada um faz a ordem. Mas parece que são sempre esses quatro elementos.
    Eu aposto que vai ter gente torcendo o nariz ao ver DINHEIRO aí. Mas ele é uma das coisas que todo mundo busca, sim. Até porque você precisa dele pra viver, né? Mas isso é outra história...
    Bom, o amor (a afetividade) é necessário. Mas acho que a gente não pode transformar a vida numa neurose de busca por ele. Acho que vale mais a pena deixar ele aparecer sozinho.

    ResponderExcluir
  2. Cara... caí aqui e olha que engraçado: tenho um post sobre o mesmo assunto no meu blog, postado no mesmo dia, mas com uma visão diferente! Curti seu blog!! Muito show!!!! Vou voltar!!!

    jonatas

    ResponderExcluir
  3. SOZINHO!!! Pelo menos to viajando (mesmo que a trabalho!). Abs

    ResponderExcluir
  4. Sim! Eu amo! E já amei outras vezes, mas não com a entrega e o prazer com que amo hoje!
    Demorou muito para essa pessoa especial chegar! Enquanto isso, fui aproveitando os amores que a Vida me deu! Um desses amores me deu a coisa mais linda e fofa que eu tenho em minha vida, e não por isso, mas ainda a amo!
    Existem vário tipos de amor! E tenho o privilégio de ter vários deles!!!
    Agora, passar a data sozinho?
    Hum... acho que se eu estivesse sozinho, chamaria um amigo na mesma situação e sairia para curtir! (Não estou falando de sexo!)

    Beijão, amigoooo!!!

    PS> Não ia postar sobre a data, mas seu post me inspirou! Depois do almoço estará aqui!
    BEijão!

    ResponderExcluir
  5. amor para mim é bem simples: é se sentir muito bem ao lado de outra pessoa. as pessoas é que complicam. eu já amei e, engraçado, sonhei com ele na noite passada. pena que ele está do outro lado do oceano.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!