28 de junho de 2006

Será que ELE nos ama?

Um dos argumentos mais veementes dos que "pregam" contra a homossexualidade é a questão divina. DEUS entra no rolo em todas as conversinhas!
E não importa muito o nome de DEUS, seja ele qual for o DEUS que vc acredita!
Nossos detratores tem um argumento básico, eles dizem - se DEUS quisesse que as coisas fossem diferentes não teria criado dois sexos em todas as raças, teria criado só ADÃO e ADÃO!
Argumento bem perspicaz não, e ainda envolve biologia na explicação!
Ai usam estes argumentos, temperados com outras estorinhas, como o argumento esdrúxulo da AIDS ser um castigo de DEUS e todos os pedófilos serem gays (só esquecem de mencionar que a maioria deles "atende" nas sacristias ), para justificar sua LUTA, porque eles encaram isto como uma LUTA mesmo, contra os homossexuais.

Isto, estes argumentos, fazem com que muitos homossexuais sofram em suas adolescências, juventudes e vidas adultas, ele se acham ERRADOS, e não se aceitam porque , em "partes" como diriam, eles também concordam com alguns destes argumentos.
Eu também me senti ERRADO durante algum tempo! Se bem que eu ainda não saiba bem o que é CERTO para saber se ainda sou ERRADO! (risos)

Mas sabe o que me fez mudar? AMOR!
É sério! Aprender sobre o AMOR me fez entender que eu não estava errado!
Me apaixonar pela primeira vez, e ser correspondido, me fez entender que aquele sentimento, aquelas sensações, não eram coisas erradas e condenadas, o AMOR me fez compreender que meus sentimentos também eram divinos e abençoados, entendi que o que eu sentia não era influência do "COISA RUIM", do capeta, do demo, do diabo!
O amor que senti, o amor que sinto hoje pela pessoa com quem quero passar muito tempo de minha vida (até ele me aguentar!) , com certeza é aprovado por este DEUS, este amor não é um castigo, este amor é uma benção!
Se ele não quizesse que eu experimentasse isto ele nem me deixaria "chegar perto" disto não é mesmo? Eu tenho certeza que é a infinita sabedoria de DEUS, que me dá a chande de AMAR e ser amado!

Se ele tivesse pena de mim, se estivesse me testando, se estivesse me condenando, me pondo a prova, acha que ele me daria esta chance de ser feliz?
O que eu sinto, o que você sente, com certeza é algo bom, e coisas boas vem de DEUS!
E se DEUS me ama a ponto de me deixar sentir tudo isto que sinto, que senti, porque vou me incomodar com os homens que , não percebendo o amor de DEUS, não conseguem amar a seus semelhantes?
E você já percebeu este AMOR? Sentiu que ele não pode ter sido dado de presente para você por alguém que te acha ERRADO e te condena?
E agora, sabe responder a pergunta? Será que ELE te ama?

19 comentários:

  1. às vezes sinto este amor de que fala. mas ainda teimo em não crer.

    ResponderExcluir
  2. Parabens por este texto.
    Verdadeiro,limpo e muito oportuno,sem duvida.
    Se vc permitir,gostaria muito de reproduzi-lo por la,num dos proximos PAPIRO AMIGO.
    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Lindo o texto!!! Amei!!!! Perfeito para se ler ouvindo "Love Changes Everything" da Sarah Brightman, conhece?? Abraços!

    A. Ferraù

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que nunca tive religião, já me bastaram as neuras que vinham do machismo à minha volta! Acho que tudo que é divino deve ser infinito e inacessível a meros mortais, portanto não é nenhum padre, bispo ou papa (todos homens como eu e você) que saberiam dizer o que deus quer de mim ou do mundo. Fora isso, acho que deus é amor com certeza, e se ele me criou desse jeito (pois se deus criou tudo, com certeza criou os gays e todo o resto) é por que sou lindo e perfeito, como toda a criação... Ainda bem que, como antropólogo, tenho noção de que existem várias formas de imaginar o divino e a existência humana, o que sempre me ajudou a entender a fraqueza dos que me odeiam pelo simples fato de eu ser o que sou!

    ResponderExcluir
  5. Foi tão bom ler isso...

    ResponderExcluir
  6. Temos esse amor em comum, sabia? Digo, essa visão do amor. E o legal é que eu aprendi isso desde sempre, pois quem me ensinou foi meu pai e nossa religião. Já cresci sabendo que não havia nada errado comigo, pois o que eu buscava era o amor, o sentimento mais digno e completo que existe!

    ResponderExcluir
  7. AIIIIII
    Sabia q ler isso em deu um alivio!?

    Obrigado.

    Quando eu ja nao conseguia mais esconder meus sentimentos de mim mesma, chorava tanto, pq achava justamente ERRADO, pensei tanto em ate me matar (Ainda bem q nao o fiz)me achava diferente das amigas, com gostos e sentimentos diferentes, e so consegui ser feliz dp q me aceitei como sou!

    Ele NOS AMA sim! Pq ele nos permite amar e ser amado, so isso!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo10:26 PM

    adorei o texto
    fernando

    ResponderExcluir
  9. Ah, meu lindo... ler esse texto depois de ter lido a matéria com o indiano até me fez bem!
    Ler esse blog é como estar numa monatanha russa de sensações, hein!
    E obrigado pelo e-mail! O responderei assim que der, ok? Vc foi muito fofo comigo... ou será que eu já respondi???
    Ai, não liga não! A minha cabeça está uma coisa!!!
    Grande beijo!
    A cada dia viro mais seu fã!

    ResponderExcluir
  10. passei pela mesma experiencia que vc, em relação ao amor, e eu , como ex missionário mórmon, crescido e educado dentro do evangelho de cristo, fui muito abençoado com a compreenssão deste amor... acho que já expliquei isto melhor no meu blog... um grande abraço!

    ResponderExcluir
  11. Bom, lá no blog eu já falei sobre algumas religiões que não perseguem os gays. Na verdade, essa perseguição religiosa contra os gays é uma coisa mais judaico-cristã, mas parece que se intensificou mais na Igreja Católica do que nas outras instituições judaico-cristãs.
    Por incrível que pareça, até os sacerdotes muçulmanos são mais tolerantes em relação a isso do que os católicos. Porque os dogmas muçulmanos são rigorosíssimos contra os gays que são muçulmanos, mas não dizem nada contra os gays de outras religiões. Já os dogmas católicos dizem que se você é gay você vai pro Inferno, não importa de que religião você seja.
    Mas se você der uma olhada nas religiões que não são de origem judaico-cristã, você geralmente já encontra outra situação: no Budismo, no Candomblé, na Wicca, no Xintoísmo e tal, não existe perseguição por parte da religião contra os gays.
    Então, se você quer saber se Deus nos ama, sim, Ele ama.
    Mas não pense que a maiora dos sacerdotes das religiões judacio-cristãs nos amam. Principalmente, os sacedotes católicos: esses, principalmente, nos odeiam!

    ResponderExcluir
  12. Ótima reflexão. Ótimo fim de semana pra ti. Bjs

    ResponderExcluir
  13. ADORO SEU BLOG

    OTIMOS POST

    BEIJOS

    HAIRYBEARS
    http://hairybears.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Deus nos ama acima de preconceitos e acima de dogmas...Quando todos entenderem isso .não havera essa guerra pela discriminação.

    ResponderExcluir
  15. eu tenho plena certeza de que deus acolhe a todos, o que já não é verdade com relação aos seus "representantes" aqui na terra... ótimo texto, vou indicar para uma amiga. um beijão!

    ResponderExcluir
  16. Walter10:28 AM

    Gostei.A condição gay nunca foi pecado a não ser na legislação mosaica,que deve ser lida e imterpretada à luz da razão e do contexto histórico.Não é verdade fechada, a "palavra de Deus" como querem os fundamentalistas de todos os creds,intolerantes homens de viseira.E se fosse, por envolver muito amor, estaria perdoada. Está lá no Novo Testamento: "O amor cobre uma multidão de pecados"

    ResponderExcluir
  17. Anônimo10:55 AM

    Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
    »

    ResponderExcluir
  18. Anônimo5:21 PM

    Keep up the good work. thnx!
    »

    ResponderExcluir
  19. Anônimo9:06 PM

    Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
    »

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!