17 de agosto de 2005

GAY FATHERS - parte III

Nesta terceira parte do livro GAY FATHERS, os autores falam da importância de dividir experiências para que possamos superar os momentos emque nos sentimos muito sós e desesperados, se você ainda não leu as partes I e II sugiro que lei antes deste trecho.

"Supomos – se você está lendo esta introdução – que atingiu um estágio de conscientização ou pelo menos aceitação. Você está começando a reconhecer uma parte sua que a sociedade ainda vê como um tabu. Os homossexuais são os leprosos dos tempos modernos, já que a maioria das pessoas ainda acha que somos doentes, pervertidos, pecadores e depravados. Você está sentindo o conflito entre o que a sociedade espera de você e o que você está começando a ver como uma parte inalterável de você mesmo. Talvez você sinta apenas uma sensação cada vez mais incômoda. Talvez você ainda não se tenha perguntado sobre tudo isso ou talvez esteja lutando com as perguntas: Será que eu posso enfrentar isso? Que faço da minha vida? Tento de novo esquecer ou continuo com as mentiras? Como contar para minha mulher e o que dizer? E as crianças? Devo contar para elas, para os meus pais, meus irmãos? O que vão dizer no trabalho? Até onde devo contar? Que devo fazer?
Não existem respostas fáceis a estas perguntas, pelo menos nenhuma que nós possamos dar. Não conhecemos você, nem sua mulher, seus filhos ou sua mãe. Sabemos o que aconteceu conosco e o que estamos fazendo agora. Podemos oferecer uma parte de nossas vidas para que você tenha uma noção do que pode acontecer; mas somos todos diferentes e o que acontecer com você vai depender de você, das pessoas ao seu redor e das circunstâncias que os unem. Tenha coragem, não desanime.
Pelo menos, leia m pouco mais deste livro e veja se pode aprender algo conosco. Sabendo o que aconteceu com outras pessoas, você pode eliminar algumas suposições errôneas. Achamos que é possível fazer algumas generalizações sobre nossas experiências e esperamos que isso possa ajudar outras pessoas. Já estivemos na situação em que você se encontra e podemos olhar para trás e observar cm calma acontecimentos e sentimentos que na época eram aterrorizantes."

2 comentários:

  1. Adoro o blog de vocês e o linkei no meu blog... espero que não se importem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Maira!´Que legal que gostou! Faço com muito carinho e desejo de melhorar as coisas!
    deixe o endereço de seu Blog para podermos visitar também!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!