14 de junho de 2005

a Mãe que sai do armário

Hoje uma amiga minha, a Tati, "saiu do armário para seu filho", teve "A" conversa com ele! Pelo que ela me contou a conversa não foi nenhuma surpresa para o filho, que se limitou a perguntar se a namorada dela seria sua madrasta...
Mas a minha amiga devia estar muito assustada, muito ansiosa, para que a conversa acabasse logo, depois vou pedir para ela que faça um resumo da conversa e das sensações...
Para a maioria dos homossexuais que não pretendem ter filhos esta é uma hipotese remota e talvez assustadora, como muitas vezes é assutador sair do armário para qualquer um.
Muitos inclusive pensam que este é um dos impedimentos para que um homossexual ou um casal homossexual, tenha filhos, imaginar as dificuldades que estes filhos enfrentariam na sociedade por terem dois pais ou duas mães, preconceito, o sofrimento...e simpelsmente desistem da ideia de ter filhos.

Mas porque contar? Porque não deixar a criança descobrir por si só? Assim ela fica mais tempo sem sofrer...(aliás, este é o mesmo argumento quando decidimos não contar para nossos pais, nossas mães...)
Meu argumento, e que parece ter ajudado a Tati, foi de que a verdade é o unico caminho, deixar nosso filho descobrir isto com um amiguinho ou com algum parente preconceituoso e ter que se deparar com a pergunta: "Pai , meu amigo falou que você é viado, isto é verdade?" deve ser bem pior não é?

Então minha reflexão é que os pais e mães homoafetivos é que devem trazer esta refelexão para a família, devem abordar este assunto, se possível aos poucos, mostrando as diferenças entre as pessoas, os exemplos em livros, novelas e filmes; se achar um livrinho, otimo, se não achar invente vc mesmo as estorias que mostrem as diferneças, os amores proibidos que sempre saem vencedores...

Não espere o momento que vc achar que ele está suficientemente maduro para ter "A" conversa, quando chegar la´vc já vai ter se escondido e mentido muito para sua criança, sobre a "tia" sempre presente ou aquele super "amigo" com quem o papai viaja sempre...
Não queremso que nossos filhos sofram, não queremos magoá-los e a melhro maneira de faazer isto é termos a verdade de nosso lado não acham?
E vc? pretende ter filhos? Já conversou com eles sobre isto?

Um comentário:

  1. Aplausos!
    Concordo 100% com a tua opinião.

    PS: Comentei um post teu no meu blog, espero que não leves a mal.
    :)

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!