14 de março de 2006

CONFLITO ZERO

Talvez uma das maiores dificuldades de se estabelecer um relacionamento duradouro sejam os conflitos que surgem, a tal “incompatibilidade de gênios”!
Na minha opinião, não existe vida sem conflito! Você e seus pais não concordam o tempo todo, você e seus irmãos não concordam o tempo todo, você e seus amigos não concordam o tempo todo...porque com alguém que você pretende viver uma vida junto seria diferente?
Conflito não precisa ser algo ruim, nós mesmos vivemos conflitos internos, que fazem até com que ás vezes queiramos nos separar de nós mesmos!

A diferença é que num relacionamento (pais-filhos, amigos, irmãos, amantes) as coisas estão dando certo quando o AMOR, a vontade de ficar juntos, é maior que qualquer um destes conflitos.
Duas pessoas que se amam, que estão construindo uma vida juntos, podem discordar, podem defender diferentes pontos de vista, e não precisam ter um acordo em comum em relação a tudo, só em relação ás coisas principais.

Na realidade não são os conflitos que atrapalham os relacionamentos, mas sim a dificuldade de lidar com estas divergências, em administração existe uma disciplina, fundamental para quem trabalha com outras pessoas, que se chama “resolução de conflitos”.
Ou seja, os conflitos sempre existirão, precisamos aprender a lidar com eles.

Mas muitas pessoas, que sempre imaginaram que um relacionamento seria uma conjunção perfeita entre duas almas, entre duas pessoas que tem sintonia total, sem nenhuma percalço, assustam-se quando vivenciam conflitos em seus relacionamentos.
E estas pessoas, que tem uma forma idealizada de relacionamento, acabam frustradas, elas acham que o sentimento de AMOR não conseguirá ser mais forte que os ajustes que devem ser feitos para a construção de um relacionamento.
E muitas vezes estas pessoas se assustam, se fecham, e começam a achar que um relacionamento não é algo possível.
Mas, também é importante não se enganar, muitas vezes estes conflitos mal resolvidos (ou até impossíveis de serem resolvidos) impossibilitam a construção de um relacionamento.

E você, vivencia conflitos em seu relacionamento?

10 comentários:

  1. Antes de tudo acho que temos que saber como nos relacionar. Aprender a aceitar qualidades e defeitos do outro, baixar a cabeça quando estivermos errado, saber assumir que errou, engolir o ego. Claro, isso tudo é complicado, relacionamento é complicado. Ou somos nós que complicamos? Obrigado pela visita!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo registro lá no meu blog. Seu blog também é interessante, com abordagens de temas instigantes.
    Sobre o assunto: o grande segredo é aprender a tolerância. A inexistência de conflitos é impossível. O segredo é aprender a respeitar, tolerar o outro... Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Hauhauhauhuhauhauhuhauha!

    Fala sério! Acho que o conflito é a tônica do aperfeiçoamento de um relacionamento!
    Sabe, namorei dois anos com um cara que era perfeito! Tudo que eu gostava, agradava a ele! E parecia que ele só escolhia programas que me agradavam! Ele era um doce! Tudo de bom! Cordato e pacífico...

    Além de eu ter terminado com ele umas 3 vezes, durante esses dois anos, no final, não aguentava mais tanta perfeição!!!! A relação estagnou de uma tal forma que eu estava me sentindo sufocado! Como um peixe em água lodosa!!!

    Tem que ter movimento! Tá certo que nem tanto que as águas se tornem revoltas, mas apenas o necessário pra promover a oxigenação da água!!! :D

    E quer saber a minha opinião? Eu acho que gênios parecidos são muito mais difíceis de se entenderem!!! Ainda mais quando os dois são cabeças duras!!Hauhauhau!
    Mas o AMOR vence sempre onde as palavras falham!!!

    Abração!

    ResponderExcluir
  4. conflitos movimentam o mundo... e se vividos com amor, pode-se chegar a um caminho bacana... ruim é quando os conflitos pessoais são vivenciados de uma maneira tão isolada que impedem que a pessoa possa partilhar a vida com outras...
    à partir de um comentário teu já nem sei mais onde...li seu blog todo... e gostei.
    um beijo

    ResponderExcluir
  5. POR ENQUANTO (HEHE, QUASE 3 ANOS) NÃO TENHO UM RELACIONAMENTO AFETIVO, MAS FAMÍLIA E AMIGOS, SIM. FALANDO DE RELAÇÕES AMOROSAS, MAIS ESPECIFICAMENTE, O LANCE É QUE ESTAMOS NA ERA DO FAST FOOD, DO DESCARTÁVEL E DAS "MILHÕES DE OPÇÕES". AO MENOR SINAL DE CONFLITO, MUITOS JÁ DESISTEM E PARTEM PRA OUTRA, POIS EXISTEM TANTAS OPÇÕES DE PESSOAS, NÉ? POIS SIM... PESSOAS EXISTEM AOS MILHARES, MAS AQUELAS QUE COMBINAM CONOSCO, NOS DESPERTAM UM SENTIMENTO REAL SÃO POUCAS. VEJO MUITA GENTE FICANDO, NAMORANDO POR NAMORAR, SEM EXISTIR ALGO MAIOR. TALVEZ PQ NÃO ACREDITEM SEREM CAPAZES DE AMAR/SEREM AMADAS. O IMPORTANTE É ESTAR E SER VISTO COM ALGUÉM, TER ALGUÉM A TIRACOLO PRA NÃO SE SENTIR SÓ, ÀS VEZES NÃO IMPORTANDO QUEM SEJA. ALGUÉM PRA NOS FAZER ESQUECER DE RESOLVERMOS NOSSOS PRÓPRIOS PROBLEMAS, DE NOS AUTOCONHECERMOS, PRA OCUPAR ESPAÇO. CLARO, RELACIONAMENTOS ASSIM FROUXOS ACABAM NA PRIMEIRA BRIGA. SABE, PRA MIM QUERO RESGATAR O VERDADEIRO, O SENTIMENTO, E ENQUANTO NÃO ACONTECE DE ENCONTRAR UM CARA QUE ME BALANCE, PROCURO ME CONHECER MAIS, AMAR MAIS E ME APRIMORAR. FALOU? BEIJO.

    ResponderExcluir
  6. a palavra conflito e quase o sobrenome do meu namoro. E quase uma comedia pastelao, de tanto barraco :P

    ResponderExcluir
  7. Eu não sei o que é isso. Conflito. Só os meus que são enormes. Entre nós isso não existe, e olha que sou casado há quase 15 anos! Agradeço todos os dias por ter encontrado alguém que me ama de verdade.

    ResponderExcluir
  8. Ainda bem que não cheguei nesse fase de conflitos ainda, mas sei que é inevitável em m relacionamento.
    O melhor é saber lidar.

    Abração!

    ResponderExcluir
  9. Eu somente consigo enxergar um relacionamento de 9 anos sem conflitos de um único jeito: Um dos integrantes está em coma!! Meu namorado e eu somos duas pessoas com carater forte, então os conflitos são naturais. Como vc bem fala, eu sou desse tipo de pessoa que entra em conflito com ele mesmo, então, como não entrar em conflito com as pessoas que amo?
    Conflitos são naturais. Mas nunca se deve perder o respeito ao outro. Quando isso acontece, acho que o conflito não tem solução.

    ResponderExcluir
  10. Os conflitos, assim como as briguinhas, dão um certo tempero e até mesmo equilíbrio aos relacionamentos, tornando-os mais saudáveis.
    Explico: se vivêssemos eternamente naquela coisinha linda de amor perfeito, o namoro terminaria em um piscar de olhos. Muito doce enjoa, sabe?
    Abraço para ti, e que seus conflitos se resolvam da melhor forma possível: na cama!

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário! Assim que possível lhe dou um retorno!